Terça-feira, 12 de dezembro de 2017

ISSN 1983-392X

Curso

Intensivo de Lucro Real (Apuração e Escrituração do e-Lalur)

Em SP, 25 e 26 de outubro de 2017.

  • Data: 25 e 26/10
  • Horário: 8h30 às 17h30
  • Local: Centro de Treinamento Cenofisco - Unidade Paulista (Av. Paulista, 1.337, 23º/24º andares - ao lado do Ed. da Fiesp, São Paulo/SP - em frente ao metrô Trianon-Masp)

De acordo com as alterações trazidas pela lei 12.973/14 e IN RFB 1.700/17, tendo em vista a revogação do RTT, obrigatoriamente a partir de 2015 e opcionalmente a partir de 2014, buscamos neste evento orientar os profissionais envolvidos com a matéria, a respeito das novas regras para apuração do IRPJ e da CSLL com base no Lucro Real.

Objetivo

Esclarecer aos profissionais de forma detalhada, quais os procedimentos para a correta apuração do Lucro Real e da Base de Cálculo da CSLL, bem como calcular o IRPJ e a CSLL a pagar e a escrituração do e-lalur, sendo apresentado de forma clara e prática, através de exercícios resolvidos passo a passo no transcorrer do curso.

Público-Alvo

A contabilistas, analistas, assistentes, auxiliares contábeis e demais profissionais envolvidos com a matéria.

Programa

1 - Apuração pelo Lucro Real

- empresas obrigadas

- formas de recolhimento do IRPJ/CSLL

- apuração do IRPJ estimado

- apuração da contribuição social mensal estimada

- prazo para recolhimento do IR mensal estimado

- opção da suspensão ou redução do IR/CSLL estimado

- apuração do Lucro Real

- apuração da contribuição social real

- ajuste anual

- saldo negativo de CSLL/IRPJ (DCOMP)

2 - Análise dos ajustes do Lucro Líquido para apuração do Lucro Real e base de cálculo da CSLL

- regras para dedutibilidade das doações

- despesas com brindes de vendas

- quais as provisões dedutíveis

- remuneração indireta de dirigentes e assessores

- despesas com bens não relacionados com o objeto da empresa

- multas fiscais dedutíveis

- juros remuneratórios do capital próprio

- limites e condições para a dedutibilidade de perdas de créditos

- comissões sobre vendas

- tributos e contribuições com exigibilidade suspensa

- despesas não necessárias

- despesas não comprovadas

- variações cambiais - reconhecimento pelo regime de caixa

- quais as regras para a compensação dos prejuízos fiscais

- compensação dos prejuízos fiscais não operacionais

3 - Escrituração Contábil Fiscal (ECF)

- instituição da ECF

- empresas obrigadas a entrega

- empresas dispensadas da entrega

- composição da escrituração Fiscal

- prazo de entrega

- penalidades pela não apresentação

- demonstração do Lucro Real

4 - Novas interpretações trazidas pela IN RFB nº 1.397/13

- lucros ou Dividendos isento do imposto de renda

- parcela excedente dos lucros distribuídos

- cálculo dos Juros sobre Capital Próprio

- Equivalência Patrimonial

5 - Mudanças trazidas pela Lei nº 12.973/14 e IN RFB nº 1.700/17

- revogação do RTT a partir de 01/01/2015

- opção pelas novas regras a partir de 2014 (vantagens e desvantagens)

- escrituração do LALUR por meio digital

- tratamento fiscal:

- aos valores ajustados a valor presente

- as despesas pré-operacionais e industriais computadas no período de apuração

- na avaliação dos investimentos pela equivalência patrimonial

- dos efeitos do ágio por expectativa de rentabilidade futura (goodwil)

- aos ganhos e perdas de ativo ou passivo avaliados a valor justo

- da redução ao valor recuperável dos bens do ativo imobilizado e intangível

- aos bens adquiridos por meio de arrendamento mercantil

- ajustes na adoção inicial da Lei nº 12.973/14

Instrutor

- Valmir S Marinho
Bacharel em Ciências Contábeis; Pós-graduado em Controladoria pela Fundação Álvares Penteado.

Carga Horária

16 horas

*Vagas limitadas

Realização

  • Cenofisco Centro de Capacitação Profissional

__________

INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES

TELEFONE

(11) 4862 0465

e-mail

cursos.sp@cenofisco.com.br

ou

Clique aqui

Publicado em: quinta-feira, 28 de setembro de 2017