Quinta-feira, 16 de agosto de 2018

ISSN 1983-392X

Congresso

I Congresso Internacional Hellinger de Direito Sistêmico

Em SP, nos dias 22 e 23 de junho de 2018.

  • Data: 22 e 23/6
  • Horário: 9h
  • Local: Auditório do Shopping Frei Caneca (Rua Frei Caneca, 569 | São Paulo/SP)

O I Congresso Internacional Hellinger de Direito Sistêmico é realização da Hellinger Schule, que atua no Brasil desde 2016, do Centro Universitário Doutor Emílio Cárdenas (Cudec), do México, da Faculdade Innovare, responsável pelos cursos da escola alemã no Brasil, e da Universidade de Brasília, co-certificadora do evento.

Temas diversos ligados ao direito sistêmico, com abordagem multidisciplinar, apresentam a relação entre a filosofia de Bert Hellinger e o resultado de sua aplicação ao campo jurídico por meio das constelações familiares. Também abre espaço para que algumas experiências inovadoras possam ser apresentadas nos dois dias do encontro, que acontece no Shopping Frei Caneca. O congresso tem a previsão de receber duas mil pessoas vindas de mais de 10 países, que contarão com tradução do alemão para português, inglês e espanhol.

Grandes nomes das Constelações Familiares e do Direito Sistêmico

O congresso tem, como presidentes de honra, o filósofo e pedagogo alemão, Bert Hellinger e sua esposa, Sophie Hellinger – sendo que a docente se apresenta nos dois dias da programação e representa o marido no evento. Expoentes do direito e especialistas da Hellinger Schule estão entre os palestrantes que vão expor como as Constelações Familiares têm contribuído com significativos avanços nos processos que envolvem disputas judiciais. “O Brasil tem ocupado um papel de destaque no cenário internacional, com importantes realizações do campo do direito”, contextualiza Sophie Hellinger. Nesse sentido, a palestra de abertura do Congresso apresenta “A História do Direito Sistêmico no Brasil”, com o juiz em exercício na Comarca de Itabuna (Bahia), Sami Storch – pioneiro na aplicação desta ciência no sistema judiciário brasileiro.

Outros notáveis expositores de diversos países também são destaques da programação, como os diretores da Universidade Multicultural CUDEC no México, Angelica Olvera e Alfonso Malpica; a advogada e professora argentina, Cristina Llaguno; além dos alemães, austríacos e brasileiros Dr. Marcus Seyrling, Dr. Rüdiger Rogoll, Wolfgang Deusser, Joël Weser, Mimansa Farny, Dr. Renato Bertate e Isabella Oliveira. A tradução do alemão para os três idiomas disponíveis conta com a coordenação do alemão residente no Brasil e tradutor oficial da Hellinger Schule, Matthias Bronk.

Riqueza de temas do direito, com amplas abordagens sistêmicas

Direito familiar, privado, processual, penal, patrimonial e empresarial, além da conciliação e mediação na perspectiva sistêmica de Bert Hellinger, são alguns dos assuntos tratados no encontro. Na pauta das apresentações, constam problemas delicados envolvendo divórcios, litígios, jovens infratores e uso de drogas, por exemplo. O evento também oferece espaço para a apresentação de casos e experiências vividas em diferentes instâncias do judiciário brasileiro, como o trabalho de juristas e demais profissionais do Direito em diversos estados do Brasil e, também, de outros países.

Os casos de maior destaque serão expostos em painéis que contam com a moderação das advogadas espanholas, María Jesús Crespo e Maria Teresa Valls. “A riqueza da programação científica do Congresso apresenta aos participantes um panorama bastante efetivo desse novo campo do conhecimento”, avalia o presidente do congresso e da Faculdade Innovare, Inácio Junqueira.

O encontro também tem como objetivo criar uma espaço científico de diálogo multidisciplinar e suas interrelações com outras áreas afins, que requerem desenvolvimento prático e científico neste campo. Entre os principais itens abordados, estão:

  • História; Transgeracionalidade; Temas relacionados ao início da vida: aborto, inseminação artificial.
  • Vara da Infância e Juventude; instituições de acolhimento e abrigos; adoções e famílias substitutas; drogas, crimes derivados, política de tratamento e combate; Interdições.
  • Violência Doméstica; corrupção, área criminal e penitenciária; atos infracionais.
  • Interação com a Justiça Restaurativa e outras práticas conciliatórias; práticas de Direito Sistêmico e Constelações nos Tribunais e outras instituições da Justiça.
  • Direito de Família; Direito de Sucessões; Direito Público e Securitário; Direito Empresarial e Falimentar; Práticas da Advocacia Sistêmica.

PROGRAMAÇÃO:

Dia 22 de junho de 2018*:

  • 9h às 13h – Credenciamento
  • 13h – Cerimônia de Abertura: Apresentação musical e boas vindas (Inácio Junqueira de Moraes Jr.)
  • 13h30 – História do Direito Sistêmico no Brasil (Juiz Sami Storch)
  • 14h – Apresentação de Bert Hellinger e História de Constelação Familiar (Dr. Rüdiger Rogoll)
  • 15h – O que é um campo? A hierarquia dos campos (Profa. Dra. Angélica Patrícia Olvera Garcia)
  • 16h – Coffee break
  • 16h30 – A importância da inter, multi e transdisciplinaridade: contribuições da Hellinger Sciencia para o conhecimento do séc. XXI (Prof. Dr. Alfonso Bernardo Malpica Cárdenas)
  • 17h30 – Litígios de herança (Dr. Marcus Seyrling)
  • 18h30 – O Princípio da Ordem da Vida – Quais são as forças que atuam (Sophie Hellinger)
  • 19h30 – Apresentação musical: Encerramento do 1o dia

*Informações e horários sujeitos a alterações, sem aviso prévio.

(Clique aqui)

Publicado em: quarta-feira, 16 de maio de 2018