Sábado, 25 de junho de 2016

ISSN 1983-392X

Gramatigalhas

por José Maria da Costa

Maior que ou Maior em?

quarta-feira, 22 de junho de 2016

dúvida do leitor

O leitor Adevaldo Nunes envia a seguinte dúvida ao Gramatigalhas:

"Qual expressão é correta: Não há maior amor 'que dar', 'em dar' ou 'que dá'?”

envie sua dúvida

1) Um leitor indaga qual forma de expressão é correta: a) não há amor maior que dar, b) não há amor maior em dar, ou c) não há amor maior que.

2) Uma análise das expressões revela que o que se quer, em última análise, é estabelecer uma comparação entre mais de uma modalidade de amor.

3) E, de modo mais específico para o comparativo de superioridade, que é o que se tem no caso concreto, basta invocar o ensino de Celso Cunha: "Forma-se o comparativo de superioridade antepondo-se o advérbio mais e pospondo-se a conjunção que ou do que ao adjetivo". E ele próprio exemplifica: a) "Pedro é mais idoso do que Carlos"; b) "João é mais nervoso que desatento".

4) Acrescenta-se, para o caso sob análise, a observação do mesmo autor de que o comparativo de grande é irregular e especial, a saber, maior.1

5) Com essas considerações, conclui-se, para o caso específico da dúvida do leitor, que a forma correta é "Não há amor maior que dar..." ou "Não há amor maior do que dar..."

_________________

1 CUNHA, Celso. Gramática Moderna. Belo Horizonte: Bernardo Álvares, 1970, 2. ed., p. 120.

Manual de Redação Jurídica
José Maria da Costa

José Maria da Costa é graduado em Direito, Letras e Pedagogia. Primeiro colocado no concurso de ingresso da Magistratura paulista. Advogado. Mestre e Doutor em Direito pela PUC/SP. Ex-Professor de Língua Latina, de Português do Curso Anglo-Latino de São Paulo, de Linguagem Forense na Escola Paulista de Magistratura, de Direito Civil na Universidade de Ribeirão Preto e na ESA da OAB/SP. Membro da Academia Ribeirãopretana de Letras Jurídicas.