Domingo, 24 de setembro de 2017

ISSN 1983-392X

"Sobre a exposição de falsa arte promovida pelo Santander, está na hora de associações e entidades se mobilizarem para as ações judiciais de indenização por danos morais e as ações criminais cabíveis. As desculpas esfarrapadas em nome da 'arte' cairiam rapidamente caso as mães dos promotores da exposição estivessem ali sendo mostradas de forma chula e pútrida como foram mostrados os símbolos máximos cristãos, além do incentivo à pedofilia e zoofilia. Nojo total do Santander."

Dávio Antonio Prado Zarzana Júnior - 12/9/2017

"Banco Santander. Ad perpetuam rei memoriam à vileza dessa instituição bancária no episódio da demissão da analista de investimentos a pedido da desqualificada Dilma Rousseff. A analista, no exercício de seu estrito dever, alertou seus clientes para a louca aventura e maléficas consequências do voluntarismo e incompetência na condução da economia pelos celerados criadores da Nova Matriz Econômica - Dilma, Mantega, Mercadante, Arno Augustin e suas pedaladas, o Banco Central do Tombini. O Banco Santander uma vez mais demonstrou o péssimo carácter institucional. Essa pornodemente exposição e o Banco Santander merecem o repúdio veemente e indignado de todo o cidadão de respeito. É claro que não se incluem aí os 'artistas' dementes e os ditos 'intelectuais' que padecem de graves desvios de carácter e consciência. O mais ridículo é que eles se arvoram no direito de expor suas mazelas morais e pessoais sem serem criticados. Dementes!"

Alexandre de Macedo Marques - 13/9/2017

Comente