Terça-feira, 17 de outubro de 2017

ISSN 1983-392X

Desagravo de Mariz de Oliveira

de 8/10/2017 a 14/10/2017

"A questão é compreender o equilíbrio entre os princípios em discussão, já que enquanto precisamos defender as prerrogativas da nossa classe, também não podemos deixar passar sem investigação uma denúncia tão séria de desrespeito à ética profissional, como o tráfego de informações por um advogado, que abre fatos de um cliente a outro (Migalhas quentes - 10/10/17 - clique aqui). Há que se investigar a fundo isto, paralelamente à defesa das prerrogativas. Os conselhos de classe não podem ser tão parciais assim."

Bernardo Siqueira - 10/10/2017

Comente