Quarta-feira, 23 de maio de 2018

ISSN 1983-392X

Sustentação oral - Estagiária

de 4/2/2018 a 10/2/2018

"Parabéns ao escritório do dr. Max Kolbe e à estagiária, pois essa é a verdadeira essência do estágio, aprender, na prática a profissão para a qual se está estudando (Migalhas nº 4.293 - 8/2/18 - "Mão na massa" - clique aqui)!"

Heloisa Carvalho - 8/2/2018

"Parabéns ao escritório Max Kolbe pela iniciativa, bem disse sobre a oportunidade de melhorar o ensino jurídico para ofertar profissionais capacitados (Migalhas nº 4.293 - 8/2/18 - "Mão na massa" - clique aqui). Que seja exemplo para todos."

Cláudia Soutes - 8/2/2018

"Eu já fiz júri quando estagiária, nos mesmos termos da estagiária da matéria acima, nos idos da década de 90 (Migalhas nº 4.293 - 8/2/18 - "Mão na massa" - clique aqui)!"

Judith Cristina Lopes - 8/2/2018

"Se o cliente não for consultado não é ético (Migalhas nº 4.293 - 8/2/18 - "Mão na massa" - clique aqui)."

Hércules Leite - 8/2/2018

"Parabéns ao escritório (Migalhas nº 4.293 - 8/2/18 - "Mão na massa" - clique aqui). Coitado dos estagiários do Tribunal de Justiça que são escravizados realizando trabalhos mecânicos, tapando a incompetência dos servidores."

Guilherme Plácido - 8/2/2018

"Parabéns à estagiária e ao escritório ao qual pertence (Migalhas nº 4.293 - 8/2/18 - "Mão na massa" - clique aqui). Na prática forense o estagiário é sempre tratado como 'ninguém' e esse exemplo de fato veio para quebrar paradigmas."

Allan Ferreira - 8/2/2018

"Que escritório maravilhoso! (Migalhas nº 4.293 - 8/2/18 - "Mão na massa" - clique aqui) Parabéns pelo respeito ao aprendizado do estagiário! Meu estágio de dois anos foi apenas juntando petições, enquanto eu tinha sede e fome de aprender tudo o que fosse possível! Foi uma frustração."

Sônia Alves - 8/2/2018

"Parabéns pela excelente postura da futura colega e pela exemplar atitude do escritório (Migalhas nº 4.293 - 8/2/18 - "Mão na massa" - clique aqui)."

Sérgio Dantas - 9/2/2018

Comente