Segunda-feira, 25 de setembro de 2017

ISSN 1983-392X

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Preparativos

Concurso TJ/SP: Tudo o que você precisa saber antes da prova

Os estudos para o Concurso TJ/SP estão com força total, pois, as provas serão aplicadas em breve. Por conta disso, os concurseiros estão realizando os últimos preparativos para encarar a seleção.

Veja mais:

> Concurso TJ-SP 2017 abre inscrições para 590 vagas de escrevente

> Estude com o simulado online de escrevente técnico judiciário do TJ-SP

> Concurso do TJ-SP para juiz substituto abre inscrições para 276 vagas

Aqui, vamos dar as principais dicas para você se preparar para a prova do Concurso TJ/SP:

Banca Organizadora

A instituição responsável em aplicar a prova é a Fundação Vunesp. A banca tem como tradição cobrar todo o edital, portanto, os candidatos devem estudar todo o conteúdo exigido.

São exigentes com gramática, por isso, podem esperar provas de português bem elaboradas. Em Direito, o candidato deve ter domínio sobre o texto da lei.

A melhor forma de entender como a Vunesp costuma elaborar suas questão, é resolvendo provas anteriores (clique aqui e faça o simulado grátis).

A Prova Objetiva

De acordo com o edital, são 100 questões, 24 de língua portuguesa, 16 de informática, 10 de matemática e 10 de raciocínio lógico. Ou seja, essas disciplinas representam 60% da prova, portanto, devem ter uma atenção especial por parte dos candidatos. Fazer uma boa revisão sobre o conteúdo é uma boa dica para quem já está estudando para o Concurso TJ/SP.

A prova também contará com questões de Direito Penal, Direito Processual Penal, Direito Processual Civil, Direito Constitucional, Direito Administrativo e Corregedoria Geral da Justiça. Se você não tem domínio sobre a área jurídica, é sabido que, de acordo com histórico de provas, a banca costuma cobrar conteúdos gerais, baseadas na letra da lei, sendo facilmente compreendidas caso tenha realizado um curso preparatório do TJ/SP.

São aprovados nesta etapa aqueles que obtiverem, no mínimo, 50 acertos em cada um dos blocos. A avaliação será feita numa escalda de 0 a 10, onde os candidatos com melhor classificação avançam para a segunda etapa – prova prática de digitação e formatação.

Considerações Finais

A concorrência é bem acirrada, segundo dados divulgados, o concurso de 2014 atraiu cerca de 140 mil candidatos. Por conta disso é altamente recomendado estudar com auxílio de um profissional e professores que podem guiar seu preparo, além de tirar dúvidas, realizar simulados e seguir um cronograma específico.

Agora é com você!

Bons estudos e boa prova!

___________

WIDE DESENVOLVIMENTO HUMANO E TECNOLOGIA S.A.