Sexta-feira, 17 de agosto de 2018

ISSN 1983-392X

Em greve

Judiciário Federal de SP entra em greve por tempo indeterminado

Servidores das Justiças Trabalhista, Federal e Eleitoral da capital e do interior exigem uma política salarial permanente, data-base e outros direitos.

quinta-feira, 15 de maio de 2014

A partir desta quinta-feira, 15, os servidores do Judiciário Federal em São Paulo iniciam a greve por tempo indeterminado para pressionar a presidente Dilma a negociar uma pauta de reivindicações.

Ao lado da reposição das perdas - que já superam os 40% -, os servidores vão cobrar a fixação da data-base, o fim dos planos de carreira própria nos tribunais superiores e a rejeição da PEC 59/2013, que cria o Estatuto do Judiciário. "O centro da nossa campanha é a definição de uma política salarial permanente, com respeito à data-base e revisão anual dos salários", afirma Adilson Rodrigues, diretor do Sintrajud - Sindicato dos Trabalhadores do Judiciário Federal do Estado de SP.

Mobilização

Nesta quinta-feira, os tribunais de SP realizam atos e assembleias setoriais para deflagrar o início da greve. No Fórum Trabalhista Ruy Barbosa, na Barra Funda, a partir das 15h, os servidores organizam o ato "servidor tarja preta", relacionando as condições de trabalho com o adoecimento dos servidores.

Em novembro de 2013, foi constatado um aumento no número de licenças médicas para servidores e magistrados do TRT da 2ª região, incluindo afastamentos prolongados por transtornos mentais e comportamentais. Havia um déficit de 125 servidores, que aumentou desde então.

Já no dia 21, os servidores de todos os tribunais da capital e do interior se concentram às 15h, em frente ao TRF da 3º região, a fim de decidir os rumos da greve e realizar um ato público com o tema "Apagão Nacional no Judiciário e MPU". Eles vão unir forças com outras categorias, como os docentes das universidades Federais.

  • Programação de mobilizações no Estado de SP

Dia 15

Justiça do Trabalho

Abertura oficial da greve, com realização do ato “servidor tarja preta” relacionando as más condições de trabalho com o adoecimento dos servidores.

Local: Fórum Trabalhista Ruy Barbosa (Av. Marques de São Vicente, 235)

Hora: 15h.

Justiça Eleitoral

Assembleia setorial no saguão do prédio.

Local: Sede do Tribunal Regional Eleitoral (Rua Francisca Miquelina, 123)

Hora: 14h.

Justiça Federal

Café da manhã com os servidores

Local: Fórum Pedro Lessa. (Avenida Paulista, 1682)

Hora: 10h.

Dia 16

Baixada Santista

Ato conjunto dos servidores públicos federais, estaduais e municipais da Baixada.

Local: Em frente ao prédio da Justiça Federal de Santos (Praça Barão do Rio Branco, 30)

Hora: 12h.

Dia 21

"Apagão Nacional no Judiciário e MPU"

Ato conjunto do funcionalismo público federal em São Paulo (Judiciário, Receita Federal, professores universitários, auditores fiscais, etc)

Local: Concentração em frente ao Fórum Pedro Lessa (Avenida paulista, 1842)

Hora: 15h.

informativo de hoje

patrocínio

VIVO
Advertisement

últimas quentes