Sábado, 21 de julho de 2018

ISSN 1983-392X

Violência

Advogado, presidente de subseção da OAB, é morto a tiros em RO

Causídico estava no banco traseiro de um carro quando foi alvejado por atirador em motocicleta.

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Mais um caso de violência envolvendo advogado ocorreu no último sábado, 13, dessa vez em Rondônia. O presidente da subseção da OAB de Buritis, Alceu Scoparo Filho, faleceu após ser alvejado por sete tiros de arma de fogo.

O causídico estava no banco traseiro de um carro, e o atirador, que fugiu em seguida, em uma motocicleta. O caso ocorreu na Avenida Ayrton Senna, Setor 7, região central de Buritis.

Segundo a Polícia Civil, o advogado chegou a atuar em casos envolvendo conflitos agrários na região e a princípio, o homicídio é tratado como uma execução.

Outros casos

Em SE, o advogado Antônio Mortari foi alvo de uma tentativa de homicídio em Aracaju na noite de quarta-feira, 3. O carro do causídico foi alvejado por dez tiros, dos quais dois acertaram o braço. Mortari já teve alta do hospital e encontra-se em repouso com a sua família e sob proteção policial.

Em julho, o advogado goiano Walmir Oliveira da Cunha ficou gravemente ferido após sofrer atentado com uma carta-bomba, recebida em seu escritório.

  • Veja abaixo a nota divulgada pela OAB/RO.

______________

NOTA DA OAB

A Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Rondônia (OAB/RO) manifesta profundo pesar pela morte do presidente da Subseção da OAB de Buritis, Alceu Scoparo Filho, na manhã deste sábado (13), no município. O advogado nasceu no Paraná, tinha 47 anos e atuava na advocacia do Estado há 11 anos.

Segundo informações de familiares, por volta das 10h, o advogado estava no banco traseiro de um carro, quando foi assassinado com sete tiros de arma de fogo por um motociclista, que fugiu em seguida. A Polícia Militar compareceu ao local e a Polícia Civil investigará o caso.

A OAB/RO já está acompanhando as investigações sobre esse crime bárbaro e se solidariza com a família e amigos enlutados. O governador de Rondônia, Confúcio Moura, informou ao presidente da Seccional, Andrey Cavalcante, que determinou à Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec) a apuração rigorosa e célere do caso.

leia mais

patrocínio

VIVO
Advertisement

últimas quentes