Quinta-feira, 21 de setembro de 2017

ISSN 1983-392X

Imortal

Synesio Sampaio Goes Filho toma posse na Academia Paulista de Letras

O embaixador foi saudado por Celso Lafer e o evento contou com a música de Toninho e Maria José Carrasqueira.

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Com a presença de amigos da turma de 64 do Largo São Francisco, o embaixador Synesio Sampaio Goes Filho tomou posse ontem como imortal da Academia Paulista de Letras. Durante a cerimônia ele foi saudado pelo colega e acadêmico Celso Lafer.

O embaixador ocupará a cadeira de nº 19, que pertenceu a Erwin Theodor Rosenthal (30/6/1926 – 4/9/2016). Com a eleição, Synesio Sampaio Goes Filho une-se na Academia aos também antigos alunos das Arcadas Ada Pellegrini Grinover, Celso Lafer, Ives Gandra da Silva Martins, Juca de Oliveira, Lygia Fagundes Telles e Paulo Bomfim.

Natural de Itu/SP, durante seu discurso, ele destacou que a cadeira fora ocupada somente por quatro antecessores, e com exceção do último, todos foram os caipiras da academia.

O evento foi encerrado pela música do flautista Toninho Carrasqueira, acompanhado da pianista Maria José Carrasqueira.

Biografia

Formado em Direito pela USP, em 1964. Diplomata entre 1967 e 2009. No Itamaraty, foi Chefe do Cerimonial, Inspetor-Geral do Serviço Exterior, Presidente da Fundação Alexandre de Gusmão e Chefe de Gabinete dos Ministros Fernando Henrique Cardoso e Celso Lafer.

Trabalhou também na Presidência da República e no Ministério da Fazenda. Integrou várias delegações brasileiras em reuniões internacionais. No exterior, foi Secretário de Embaixada em Paris e Lima, Ministro-Conselheiro em Londres, Cônsul-Geral em Milão e Embaixador em Bogotá, Lisboa e Bruxelas.

Possui diversas condecorações estrangeiras e, do Brasil, entre outras, as Grã-Cruzes da Ordem de Rio Branco, da Marinha, do Exército e da Aeronáutica. É membro do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro e da Academia de História de Portugal.

Ex-professor de História Diplomática do Brasil do Instituto Rio Branco e de Comércio Internacional da Faculdade de Economia da FAAP. Tem artigos publicados em periódicos especializados em História do Brasil e Política Internacional, tais como “Oceanos”, de Portugal, “Política Externa” da USP e a “Revista do Instituto Histórico Brasileiro”

Escreveu capítulos em livros coletivos, como “Varnhagen- diplomacia e pensamento estratégico” (FUNAG-2016); “Pedro Teixeira, a Amazônia e o Tratado de Madri” (FUNAG-2016); ‘Pensamento Diplomático Brasileiro” (FUNAG,2013); “Obras do Barão do Rio Branco (FUNAG, 2012); “Diplomacia brasileira para a paz” (FUNAG-2012); “Barão do Rio Branco - 100 anos de memória” (FUNAG -2012); “Missões de paz” (Log on Editora-2003); “Rio Branco, a América do Sul e a modernização do Brasil” (EMC-EDIÇÔES - 2002).

Publicou “A Bela Viagem” (Migalhas, 2014); “As Fronteiras do Brasil” (FUNAG, 2013) e “Navegantes, Bandeirantes, Diplomatas” (Martins Fontes, 2001).

“A Bela Viagem”

O catálogo da Editora Migalhas honrosamente ostenta obra do embaixador Synesio: “A Bela Viagem”, lançado em 2014 em festivo encontro da Associação dos Antigos Alunos da Faculdade de Direito da USP.

Trata-se de coletânea de frases preciosas que farão pensar, sentir, quem sabe chorar e rir – tudo com o toque pessoal dos comentários do dr. Synesio.

________________

leia mais

informativo de hoje

patrocínio

VIVO

últimas quentes