Quinta-feira, 25 de maio de 2017

ISSN 1983-392X

Lava Jato

Aécio pediu a Gilmar Mendes para conseguir voto a favor da lei de abuso de autoridade

Telefone do senador Aécio Neves estava interceptado quando foi gravado o diálogo.

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Uma conversa entre o senador afastado Aécio Neves e o ministro do STF Gilmar Mendes foi interceptada pela procuradoria-Geral da República em investigação contra o parlamentar.

No diálogo, de 26 de abril, Aécio pede que Gilmar Mendes ligue para o senador Flexa Ribeiro pedindo que votasse no sentido que indicou Aécio, ao que o ministro concordou: "Eu falo com ele".

No mesmo dia, a Casa legislativa aprovou substitutivo do senador Roberto Requião ao PLS 85/17, que alterava a definição dos crimes na lei, e o texto seguiu para a Câmara.

Flexa Ribeiro integra a CCJ do Senado onde, também no dia 26, a matéria tramitou e foi aprovada.

Veja o diálogo, na íntegra:

Data: 26/04/2017
Hora: 09:29:13
Duração: 00:01:36
Alvo: Aécio Neves
Interlocutores: Aécio Neves x Gilmar

Degravação:

AÉCIO NEVES: Oi, Gilmar. Alô.

GILMAR: Oi, tudo bem?

AÉCIO NEVES: Você sabe um telefone que você poderia dar que me ajudaria na condução çá. Não sei como é sua relação com ele, mas ponderando... enfim, ao final dizendo que me acompanhe lá, que era importante... era o Flexa, viu?

GILMAR: O Flexa. Tá bom, eu falo com ele.

AÉCIO NEVES: Porque ele é o outro titular da comissão, somos três, sabe? Né...

GILMAR: Tá bom, tá bom. Eu vou falar com ele. Eu falei... eu falei com o Anastasia e falei com o Tasso... Tasso não é da comissão, mas o Anastasia.... o Anastasia disse “Ah, tô tentando... [incompreensível]...” e...

AÉCIO NEVES: Dá uma palavrinha com o Flexa... a importância disso e no final dá sinal para ele porque ele não é muito assim... de entender a profundidade da coisa... fala ó... acompanha a posição do Aécio porque eu acho que é mais serena. Porque o que a gente pode fazer no limite? Apresenta um destaque para dar uma satisfação para a bancada e vota o texto.... que vote antes, entendeu?

GILMAR: Uhum

AÉCIO NEVES: Destaque é destaque... depois não vai ter voto, entendeu?

GILMAR: Uhum. Uhum.

AÉCIO NEVES: Pelo menos vota o texto e dá uma...

GILMAR: Uhum.

AÉCIO NEVES: Uma satisfação para ban... para não parecer que a bancada foi toda ela contrariada, entendeu?

GILMAR: Uhum.

AÉCIO NEVES: Se pudesse ligar pra Flexa ai e falar...

GILMAR: Eu falo com ele.... eu falo com ele... eu ligo pra ele... eu ligo pra ele agora.

AÉCIO NEVES: [incompreensível] ...importante.

GILMAR: Ligo pra ele agora.

AÉCIO NEVES: Um abraço.

A imagem da transcrição consta nos documentos da PGR.

Interceptação telefônica

A interceptação foi realizada no período de 21/4 a 5/5 deste ano. De acordo com o relatório da Polícia Federal, liberado nesta sexta-feira, 19, por Edson Fachi, a medida teve por fundamento fatos levados ao conhecimento da procuradoria por Joesley Batista e Ricardo Saudi, executivos da JBS, no acordo de delação premiada.

No relatório é possível encontrar a citação ao ministro Gilmar Mendes:

"No que diz respeito a sua atividade parlamentar, destacou-se no Auto Circunstanciado que o investigado ligou para o Ministro GILMAR MENDES e pediu ao Ministro para que telefonasse para o Senador FLEXA RIBEIRO. Neste diálogo, o Senador investigado pede que o magistrado converse com FLEXA RIBEIRO para que este siga a orientação de voto proposta por AÉCIO NEVES."

patrocínio

VIVO

últimas quentes