Terça-feira, 12 de dezembro de 2017

ISSN 1983-392X

Lava Jato

MPF pede absolvição de Lula e André Esteves, acusados indevidamente por Delcídio do Amaral

O banqueiro foi preso e teve a vida virada do avesso. Parquet diz que versão do ex-senador lembra frase do filme "Jerry Maguire".

sábado, 2 de setembro de 2017

Em alegações finais, o MPF pediu nesta sexta-feira, 1º/9, a absolvição do ex-presidente Lula e do banqueiro André Esteves. Eles foram acusados de tentar comprar o silêncio do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró, conforme afirmou o ex-senador Delcídio do Amaral em sua delação premiada.

Acontece que o parquet não encontrou provas das alegações de Delcídio. Mais ainda: afirma o MPF que Delcídio “escondeu do Ministério Público Federal sua real função de chefe no esquema referido, angariando benefícios que não receberia se a verdade prevalecesse”.

"Jerry Maguire"

(Lula, Delcídio do Amaral e André Esteves)

Narrou o parquet que no contato com André Esteves, o ex-senador buscava conseguir não apenas ajuda mensal à família de Cerveró, como também R$ 4 mi lastreados em contrato fictício, que seriam destinados tanto à família de Cerveró quanto a Edson, comparsa de Delcídio.

A grotesca versão de DELCÍDIO, sobre ter ajudado LULA, BUMLAI e ANDRÉ ESTEVES sem interesse pessoal, lembra a famosa frase de Jerry Maguire “me ajude a te ajudar’. Olvida-se DELCÍDIO, no entanto, que mesmo Jerry Maguire defendia seus interesses próprios ao defender os de seu cliente.”

O caso ganha contornos mais dramáticos quando se recorda que André Esteves foi preso, na casa da família no Rio de Janeiro, e teve sua vida virada pelo avesso, para agora chegar-se à conclusão de que não teve participação na história.

Por fim, o procurador da República Ivan Cláudio Marx, que assina o documento, requer, em caso de condenação, a revogação dos benefícios da delação premiada de Delcídio do Amaral, por sonegação de fatos e falsas imputações a terceiros.

  • Processo: 42543-76.2016.4.01.3400

leia mais

informativo de hoje

patrocínio

VIVO

últimas quentes