Quinta-feira, 21 de setembro de 2017

ISSN 1983-392X

Domiciliar

Garotinho é preso no RJ

Ex-governador do Rio apresentava programa no rádio quando foi detido.

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Foi preso na manhã desta quarta-feira, 13, o ex-governador do Rio de Janeiro Anthony Garotinho. Ele apresentava seu programa diário na Rádio Tupi quando, por volta das 10h30, três agentes cumpriram o mandado de prisão domiciliar. O ex-governador foi levado para Campos dos Goytacazes/RJ, onde será cumprida a prisão.

Garotinho foi condenado por comandar um esquema de fraude eleitoral quando era secretário de Governo de Campos. Em troca de votos em candidatos a prefeito e vereadores em 2016, a prefeitura oferecia inscrições no programa Cheque Cidadão, que dá R$ 200 por mês a cada beneficiário, de acordo com Ministério Público Estadual. A ordem é do juiz Ralph Manhães, da 100º Zona Eleitoral de Campos dos Goytacazes, para quem as medidas cautelares já impostas pela Justiça a Garotinho não surtiram efeito no sentido de impedi-lo de agir. De acordo com o juiz, o grupo comandando por Garotinho chegou a usar até armas de fogo para intimidar testemunhas.

A pena determinada pelo juiz é 9 anos e 11 meses e 10 dias de reclusão, além de multa de 225 salários mínimos. A pena, no entanto, foi transformada em prisão domiciliar com medidas cautelares até a decisão em segunda instância.

leia mais

informativo de hoje

patrocínio

VIVO

últimas quentes