Segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

ISSN 1983-392X

2011

O distrito de Pedregulho foi criado por lei estadual 838, de 1º de outubro de 1902, recebendo sua sede foros de vila, pela de nº 1.038, de 19 de dezembro de 1906.

Na divisão administrativa do Brasil, relativa ao ano de 1911, o mencionado distrito figura no município de Igarapava.

Por força dalLei estadual nº 1.829, de 21 de dezembro de 1921, foi criado o município de Pedregulho, com sede na vila desse nome, elevada à categoria de cidade, e território desmembrado do de Igarapava. Efetuou-se a instalação da novel comuna no dia 18 de março de 1922.

Segundo a divisão administrativa de 1933, o município de Pedregulho compõe-se de 2 distritos: Pedregulho e Rifaina.

De acôrdo com as divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII--1937, e com o quadro anexo ao decreto-lei estadual nº 9.073, de 31 de março de 1938, o referido município é formado pelos distritos de Pedregulho, Igaçaba e Rifaina, permanecendo assim constituído, nos quadros da divisão territorial judiciário-administrativa do Estado, fixados pelos decretos estaduais de ns. 9.775, de 30 de novembro de 1938, e 14334, de 30 de novembro de 1944, para vigorarem, respectivamente, em 1939-1943 e em 1945-1948.

Quer nas divisões territoriais de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, como no quadro anexo ao decreto-lei estadual nº 9.073, de 31 de março de 1938, o município de Pedregulho figura sob a jurisdição do termo e da comarca de Igarapava, tendo os decretos estaduais de nºs 9.775, de 30 de novembro de 1938, e 14.334, de 30 de novembro de 1944, que fixaram os quadros territoriais vigentes, respectivamente, no quinqüênio 1939-1943 e em 1945-1948, conservado essa situação.

___________

A construção das primeiras casas em local onde viria a ser a atual cidade de Pedregulho verificou-se em 1897. Nesse mesmo ano, deu-se a inauguração da estação ferroviária da Companhia Mogiana.

O local, já então melhor caracterizado por possuir sua estação, tinha a primitiva denominação de "Campo das Pindaíbas". A data oficial da fundação de Pedregulho é 15 de agosto de 1897.

A fundação do município de Pedregulho deve-se aos senhores Major Antônio Cândido Branquinho e Capitão Elias Moreira, que foram os doadores de terrenos para a construção das primeiras casas e propugnadores do desenvolvimento local.

A denominação de Pedregulho é oriunda da existência de pequeninas pedras de cores e qualidades variadas por todo o solo.

Tornou-se oficial com a criação do distrito do mesmo nome, conforme leis estaduais 838, de 1º de outubro de 1902 e 1.038, de 19 de dezembro de 1906. A emancipação administrativa do então distrito pertencente a Igarapava, verificou-se pela criação do município de Pedregulho, por força da lei estadual 1.829, de 21 de dezembro de 1921.

A partir desta data, até a instalação solene e oficial da nova comuna, que se verificou em 18 de março de 1922, o povo manifestou intensamente seu orgulho e sua alegria pela conquista. Este acontecimento político-administrativo foi o marco do progresso e desenvolvimento mais intensos para o novo município, pois data de 1921 a realização dos seus mais importantes melhoramentos urbanos.

Pontos Turísticos

  • Cachoeira Inacio Campos

Tem 70 m de altura, com densa vegetação.

Acesso pela Vicinal Alto Porã.

  • Cachoeira Manir Bitar

Altura de 30m: possui densa vegetação.

Acesso pela Rodovia Cândido Portinari.

  • Fonte Aguas Quentes

Acesso pela Rodovia Estreito (variante para a usina Mascarenhas).

  • Parque Estadual das Furnas do Bom Jesus

O Parque Estadual das Furnas do Bom Jesus foi criado em 12 de outubro de 1989, por meio do decreto estadual 30.591, localiza-se no município de Pedregulho, a nordeste do Estado, integrando a Bacia Hidrográfica Sapucaí-Mirim/Grande, na região administrativa de Franca. O parque é um patrimônio público natutal criado com o objetivo de preservar seus ecossistemas com toda a sua biodiversidade, de forma a proteger espécies vegetais, animais e seus habitats, sítios geomorfológicos e paisagens naturais de belo valor cênico.

O Parque Estadual das Furnas do Bom Jesus apresenta área de 2.069,06 hectares, relevo em forma de "canyon", formado por paredões escarpados com desníveis de até 200 metros.

  • Represa Jaguara

Lago artificial com possibilidade para a prática de esportes náuticos.

Acesso pela Rodovia Cândido Portinari.

_______________

População

15.990 pessoas (8.087 homens e 7.903 mulheres), sendo 1.930 na zona urbana, 1.109 na zona suburbana e 12.951 ou 80% na zona rural.

Aglomerações urbanas

As aglomerações urbanas existentes, de acordo com Censo de 1950, são as seguintes: sede municipal com 2.410 habitantes, Alto Porã com 164 habitantes e Igaçaba com 465 habitantes.

Atividades econômicas

A agricultura e a pecuária constituíam a base da economia municipal. O município possuía cerca de 7 milhões de cafeeiros. Dos produtos agrícolas do município, apenas o café, o arroz e o algodão eram exportados, destinando-se os demais produtos ao consumo interno. Os centros consumidores eram: Franca, Campinas, São Paulo e Santos.

Existiam 3 estabelecimentos para beneficiamento de produtos agrícolas, sendo 2 para café e 3 para arroz.

Comércio e bancos

O comércio local mantinha transações mercantis com as praças de São Paulo, Ribeirão Preto e Franca. Importava tecidos, gêneros alimentícios, ferragens, louças e produtos farmacêuticos. A sede municipal possuía 71 estabelecimentos varejistas e 4 atacadistas. No município havia, segundo os principais ramos de atividade, 56 estabelecimentos de gêneros alimentícios, 4 de louças e ferragens e 27 de fazendas e armarinhos. Os estabelecimentos de crédito que mantém agências são : Banco Artur Scatena S.A., Banco Hipotecário e Agrícola do Estado de Minas Gerais S. A., Banco Mercantil de São Paulo S. A., e Caixa Econômica Estadual. Esta em 31 de dezembro de 1955 possuía 230 cadernetas em circulação e valor dos depósitos de Cr$ 3.746.000,00.

Alfabetização

De acordo com o Censo de 1950, das 13.094 pessoas maiores de 5 anos, 6.240 (3.582 homens e 2.658 mulheres) ou 47% eram alfabetizadas. Ministram ensino primário: 3 grupos escolares e 29 escolas mistas e o ensino secundário: 1 ginásio estadual e 1 escola normal municipal.

Aspectos culturais

Em Pedregulho circulavam em 1950 dois jornais: “A Comarca” e “A Voz de Pedregulho”, ambos noticiosos gerais e publicados quinzenalmente. Possuía a cidade: 3 bibliotecas, sendo 2 estudantis e 1 semipública, esta de caráter geral; 2 tipografias e 1 livraria.

Particularidade geográfica

O município possuía uma queda d’água, medindo 80 metros de altura, distando 32 km da sede, denominada Cachoeira João Ferreira.

________________