Domingo, 30 de abril de 2017

ISSN 1983-392X

2006

A comarca foi instalada no dia 30 de janeiro de 1983, de acordo com a Lei n° 3.396 de 16 de junho de 1982.

A comarca não atende nenhum outro município
.

Juízes que passaram pela comarca:

1ª Vara

  • Dr. Guilherme Penteado do Campos – 1983
  • Dr. Antônio Jurandir Pinotti1983 a 1984
  • Dr. Osmar Bocci1984 a 1985
  • Dr. Antônio Álvaro Castello1985 a 1987
  • Dra. Maria Olívia Alves de Azevedo Silva1987 a 1989
  • Dr. Carlos Henrique Abrão1989 a 1990
  • Dr. Afonso de Barros Faro Júnior1990 a 1991
  • Dra. Teresa de Almeida Ribeiro1992 a 1996
  • Dr. Rubens Hideo Arai1997 a 1999
  • Dr. Carlos Aleksander Romano Batistic Goldman2000 a 2004

2ª Vara

  • Dr. Eduardo Ribeiro de Mendonça – 1983
  • Dr. Nelson Francisco Vaz1983 a 1984
  • Dr. Sérgio Carlos Covello1984 a 1985
  • Dr. José Gonçalves1985 a 1986
  • Dr. Achiles Vicentini Júnior – 1986
  • Dr. Irineu Jorge Fava – 1987
  • Dr. Antônio Frederico Ozanan Chasseraux de Souto Corrêa1987 a 1988
  • Dr. Valter Alexandre Mena1988 a 1990
  • Dr. Carlos Fonseca Monnerat1990 a 1991
  • Dr. Alexandre Coelho1991 a 1994
  • Dr. Marcos Blank Gonçalves1994 a 1996
  • Dr. Marco Antônio Barbosa de Freitas1996 a 1999
  • Dra. Vanessa Aufiero da Rocha2000 a 2002
  • Dr. André Gustavo Cividanes Furlan2003 a 2005

3ª Vara

  • Dr. Sérgio Leite Alfieri Filho1989 a 1991
  • Dr. Dácio Giraldi1991 a 1994
  • Dr. Ary Casagrande Filho1996 a 2001
  • Dr. Adalberto Montes – 2001
  • Dr. Edegar de Sousa Castro – 2001

4ª Vara

  • Dr. Wilson Júlio Zanluqui1998 a 2003

1ª Vara Cível

  • Dra. Anelise Soares – 2004

2ª Vara Cível

  • Dr. Renato Zanela Bandin e Cruz Gandini - 2005

3ª Vara Cível

  • Dr. Cândido Alexandre Munhoz Perez – 2005

1ª Vara Criminal

  • Dr. Edegar de Sousa Castro - 2001

2ª Vara Criminal

  • Dr. João Luciano Sales do Nascimento – 2005

1ª Vara da Família

  • Dr. André Luis Maciel Carneiro – 2003

2ª Vara da Família

  • Dr. Wilson Júlio Zanluque - 2005

Data da fundação: 19 de janeiro de 1967.

As terras que pertencem a Praia Grande pertenciam antigamente à capitania de São Vicente que, tempos depois, virou capitania de São Paulo e, séculos mais tarde, estado de São Paulo.

O rei de Portugal entregou a capitania de São Vicente a um nobre chamado Martim Afonso de Souza, que esteve aqui, explorando a terra e fundando vilas, entre os anos de 1532 e 1533. Depois disso, nunca mais voltou. Ficou envolvido com expedições que iam para as Índias buscar riquezas para vender na Europa. Quem administrava a capitania era sua mulher, Ana Pimentel, que enviava para cá outros administradores.

Toda a capitania era administrada por pessoas que viviam na vila de São Vicente, fundada em 1532. Nesta vila se instalaram os primeiros portugueses que vieram colonizar a região e que investiram aqui nos primeiros engenhos de produção de açúcar. Praia Grande, hoje município do estado de São Paulo, pertenceu à cidade de São Vicente até 1967, quando ocorreu sua emancipação política. Desde então tornou-se um município independente, com administração própria, podendo eleger seu prefeito e seus vereadores. Antes disso acontecer, não havia autonomia para solucionar os problemas. Tudo dependia das decisões da Prefeitura de São Vicente, que nem sempre atendiam às necessidades da população de Praia Grande.

A emancipação política não aconteceu de repente, nem foi vontade de uma pessoa só. As pessoas que moravam em Praia Grande não estavam contentes com os problemas que enfrentavam, como a falta de saneamento, escolas, transporte, hospitais, abastecimento de água, luz, vias de acesso. Por isso, os moradores do bairro de Solemar viram a possibilidade de se desmembrar de São Vicente e de Praia Grande ganhar autonomia. Em 1953, Júlio Secco de Carvalho, liderou o movimento juntamente com Nestor Ferreira da Rocha, Heitor Sanchez Toschi, Israel Grimaldi Milani e Dorivaldo Loria Junior, entre outros.

Houve muita resistência por parte de São Vicente, pois significava a perda de 24 quilômetros de praias. Foi realizado em 1963 um plebiscito, que é a maneira pela qual a população faz sua escolha através do voto. Mas isso não garantiu ainda a emancipação da cidade.

Só em 19 de janeiro de 1967 a emancipação aconteceu. O engenheiro Nicolau Paal foi nomeado interventor federal no município, com instalação provisória da prefeitura no Ocian Praia Clube. A primeira eleição municipal na Praia Grande foi realizada em 15 de novembro de 1968. Tendo como prefeito Dorivaldo Loria Júnior.

_______________

  • Locais históricos

Fortaleza



Constituída por três fortes - Jurubatuba, Rego Barros e Duque de Caxias - e tendo sua construção oficialmente iniciada em 16 de janeiro de 1902, a Fortaleza de Itaipu é um dos destaques na paisagem de Praia Grande. Ao completar seu primeiro século de existência, entra também nos roteiros turísticos da Baixada Santista, ao integrar o chamado Circuito dos Fortes, iniciado em 2004. Essas instalações também têm importância decisiva na defesa do litoral brasileiro, a par de sua participação em vários episódios da História do Brasil, como a Revolução Paulista de 1932.

_____________


  • Curiosidades

Portal



É o maior símbolo da transformação urbanística da cidade.
Ao seu lado homenagem ao piloto de fórmula 1 Ayrton Senna, que dá nome à avenida.

Orla Marítima




Circundada por dez mil coqueiros e mais de uma centena de quiosques padronizados, centros de convivência, bancos de descanso, playgrounds e lojas de conveniência em seu enorme e bem cuidado calçadão.









Praias

Com 22,5 Km de balneabilidade monitorada, estão entre as mais procuradas do Estado: Boqueirão, Guilhermina, Aviação, Tupi, Ocian, Mirim, Caiçara, Flórida e Solemar.

Avenida dos Sindicatos

Maior complexo de Colônias de Férias da América Latina. São dez mil leitos com infra-estrutura hoteleira: piscinas, auditórios, quadras poliesportivas, restaurantes e salões de jogos.

Hino

"Praia Grande, Praia Grande beleza e glórias mil;

espelho do mundo inteiro e grandeza do meu Brasil;

Praia Grande, Praia Grande, orgulho de uma nação;

o seu lema é trabalhar com a força da união;

Praia Grande, Praia Grande, coberta com um céu de anil (bis);

com as estrelas brilhantes no coração do Brasil".

Foi oficializado em 25 de abril de 1990 como HINO da Estância Balneária de Praia Grande a música "PRAIA GRANDE", letra e música de autoria de Oscar Gomes Cardim.

O município foi fundado em 1967.