Domingo, 28 de maio de 2017

ISSN 1983-392X

A Editora Blucher entregou ao Papai Noel 19 obras. São elas:


  • 1 exemplar da obra "Guerra, Conversão e Resistência"
  • 2 exemplares da obra "A questão da dimensão ética em Ser e Tempo"
  • 2 exemplares da obra "A relação africano escravo X cafeicultura (1727-1888)"
  • 1 exemplar da obra "Responsabilidade Social Corporativa como Estratégia de Negócio"
  • 1 exemplar da obra "A Condição Feminina em Sociedade"
  • 3 exemplares da obra "Os Olhos da Alma"
  • 3 exemplares da obra "A Vida no Limite"
  • 3 exemplares da obra "Os Golpes de Compras e como Evitá-los"
  • 3 exemplares da obra "Fraudes Corporativas"

_____________
_______

"Guerra, Conversão e Resistência - Autor: Carlos César Félix" - (220 p.)

"A dissertação de Carlos Félix Vieira, agora apresentada ao público em forma de livro, é uma grande contribuição não só aos cientistas sociais profissionais como também a todos aqueles interessados em conhecer a gênese da população paulista. Por meio de acurado balanço bibliográfico sobre os estudos clássicos da área, bem como ótimos insights acerca da dinâmica meio ambiente/sociedade, o autor busca mostrar como a relação entre os padres jesuítas, os colonos europeus e os povos indígenas foi muita mais densa e complexa do que certa historiografia oficial procura apresentar, e lança luz para compreender a formação do ethos paulista, traço cultural ainda hoje pouco compreendido tanto à esquerda quanto à direita do espectro político e acadêmico."

"A questão da dimensão ética em Ser e Tempo - Autor: Marcela Barbosa Leite" - (122 p.)

Este trabalho visa mostrar que, embora Heidegger não tenha pretendido um estudo sobre Ética, podemos encontrar em Ser e Tempo uma "teoria do existir humano" que pode ser interpretada como uma "ética do existir humano". Os elementos primordiais dessa "ética" se encontram no sentido originário de ethos como "morada", tal como falava Heráclito e que o próprio Heidegger lembra em sua carta Sobre o Humanismo. Para o "filósofo do ser", "mais importante que qualquer fixação de regras é o homem encontrar o caminho para morar na verdade do ser". Assim, veremos que a "ética" que vislumbramos no interior do pensamento heideggeriano é rigorosamente diferenciada do que conhecemos das éticas tradicionais. Quando em "Ser e Tempo" Heidegger pergunta pelo ser e se esforça em "destruir" a metafísica, mostra que há uma ethos (no sentido essencial da palavra), uma maneira de existir, de "habitar" chamada por ele de Dasein, o ser-aí, que não pode ser determinada por nenhum "princípio supremo"; o seu existir não pode consistir em efeitos de "causas primeiras" por que possui como único fundamento o fato de ser projeto-lançado e, implicado com o seu poder-ser, é "entregue à responsabilidade de ser o ente que é".

"A relação africano escravo X cafeicultura (1727-1888) - Autor: Antonio Elias Asbeg Junior" - (100 p.)

O presente trabalho científico abordou a importância no processo da formação econômica brasileira, da relação africano escravo x economia cafeeira, e como aquela força de trabalho foi essencial no desenvolvimento da cafeicultura no Brasil, desde a chegada do café (1727) até a abolição da escravatura (1888). Para tanto, tratou-se a transição da economia colonial para a economia exportadora capitalista e como isto se processou. As informações e dados apresentados sustentaram a idéia de que num certo momento histórico as relações escravistas de produção foram reinventadas no Brasil, dada a necessidade e importância da cafeicultura africana escrava. Posteriormente, o caráter basilar daquela continuou a existir, mas, só que limitador ao desenvolvimento da economia cafeeira sob a organização capitalista. Contudo, ficou demonstrado o destaque da mão-de-obra africana escrava na cafeicultura brasileira, tanto como impulsionadora, quanto como limitadora.

"Responsabilidade Social Corporativa como Estratégia de Negócio - Autor: Paulo Roberto Lemos de Araújo" - (162 p.)

Este livro aborda como problemática central, a importância do uso de projetos de responsabilidade social como estratégia para o desenvolvimento sustentável. Os resultados mostraram que o projeto "Luz em Conta", trouxe retorno para a comunidade - beneficiada com reforma da instalação elétrica e doação de geladeira - pois, houve redução na média de consumo de energia elétrica, para a sociedade com a redução na produção de energia, e conseqüentemente, menos agressão ao meio ambiente, e para a CELPA com redução da perda de energia. A conclusão do estudo aborda os resultados obtidos quando o Capital e as ações Sócio-ambientais deixam de ser antagônicas, para serem complementares, a importância da realização de ações de responsabilidade sócio-ambiental com foco na operação da organização, e por último a necessidade de um novo modelo econômico.

"A Condição Feminina em Sociedade - Autor: Regina Cabreira" - (254 p.)

Essa pesquisa trata principalmente sobre a necessidade que há de se valorizar o aspecto "feminino" em nossas vidas e sociedades. Da urgência que temos de questionar e refletir sobre o papel da mulher na sociedade contemporânea ocidental e sobre os vários tipos de estigmatização que ainda sofre nos meios em que vive. Primeiro apresentamos uma visão mítica-histórica, onde se resgata o conceito "feminino". Segundo, utilizamos a teoria da "jornada do herói" de Joseph Campbell, em O "Herói de Mil Faces" (2002), com ênfase na "trajetória heróica" e como esta se aplica à análise da estrutura profunda do romance. Terceiro, propomos um estudo simbólico do conteúdo do romance, onde se mostra o significado profundo dos elementos que compõem a trajetória mítica em questão. Quarto, empregamos teorias da psicologia social para discutir o fenômeno da "estigmatização".

"Os Olhos da Alma - Autor: Jean-Claude Rolland" - (234 p.)

"A palavra faz parte daquilo que designamos como 'os olhos da alma'... imagens e palavras são os gestos da alma... a palavra dita é a condição que se requer para que a imagem interior, sinônimo da presença daquilo que ela figura, torne-se visível...". Com estas palavras, Jean-Claude Rolland inicia este livro, voltado para a situação clínica e para a escuta analítica. Preocupado com uma reflexão multidisciplinar, o autor busca se aproximar cada vez mais do "inconsciente humano" e da compreensão da realidade psíquica. Por sua grande liberdade de pensamento e sua sensibilidade aos movimentos da linguagem, da imagem e da sessão analítica, propõe aproximar a psicanálise de outras produções artísticas, nas quais a criatividade, recorrendo aos "olhos da alma", busca identificar e revelar seus elementos.

"A Vida no Limite - Autor: Jim Al-Khalili e Johnjoe McFadden" - (422 p.)

A vida no limite altera nosso entendimento sobre as dinâmicas fundamentais de nosso mundo. Apresentando experiências da vanguarda da ciência, Jim Al-Khalili e Johnjoe McFadden revelam que o ingrediente que nos falta é a mecânica quântica; os fenômenos da mais misteriosa das ciências. Guiando o leitor por descobertas recentes, os autores transmitem a empolgação do novo campo da biologia quântica e suas potenciais aplicações revolucionárias, enquanto oferecem insights do maior quebra-cabeça de todos: o que é a vida?

"Os Golpes de Compras e como Evitá-los - Autor: Trevor Kitching" - (152 p.)

Esta obra é recomendada para todo tipo de empresa, pequenas e grandes, uma vez que proporciona um insight sobre como evitar golpes direcionados às metas de negócios. Entre eles, destacam-se faturas falsas, solicitações que parecem faturas, entregas de bens não pedidos. E acontece em todos os setores do comércio e da indústria. Comenta-se nela a fragilidade da lei ao redor do mundo no que diz respeito à proteção de golpes contra empresas, muitas vezes situados no limiar de verdadeiras fraudes, distinguindo-se os golpes aplicados contra o pessoal de Compras daqueles aplicados pelo pessoal de Compras. O livro é um verdadeiro guia para evitar esses golpes e sustenta que as iniciativas em relação às fraudes devem centrar-se na prevenção, em vez de correção. Nas palavras do autor, "ajudar a proteger o desatento do inescrupuloso".

"Fraudes Corporativas - Autor: Michael J. Comer" - (764 p.)

Bom controle não custa dinheiro: ele auxilia, em vez de impedir, as operações da empresa. Este livro é para pessoas que têm a responsabilidade de fazer com que empresas sejam mais lucrativas por meio da prevenção de perdas e por fazer do mundo um lugar melhor para todos. Um de seus objetivos é alertar a administração para os perigos e mecanismos da fraude corporativa, indicar onde e como ela pode atacar e como pode ser detectada, prevenida e investigada.





PS
: Para concorrer automaticamente a todos os prêmios, basta atualizar seu cadastro, clicando aqui. E se no dia 25 de dezembro este Papai Noel pular na sua chaminé e rechear a sua árvore, parabéns, você é um migalheiro de sorte !