Terça-feira, 10 de dezembro de 2019

ISSN 1983-392X

Cenário

por FSB Inteligência

Cenário - 26.12.18

quarta-feira, 26 de dezembro de 2018

As (muitas) despedidas de Temer

O presidente Michel Temer foi à TV e ao rádio na noite de Natal para um brevíssimo balanço sobre sua gestão.

Antes disso, escreveu artigo em jornal, reuniu ministros, concedeu entrevistas e vem ocupando o Twitter para fazer o mesmo.

Desde as eleições, mas principalmente nas últimas semanas, o mandato de Temer tem sido colocado em perspectiva por ele próprio, na opinião púbica e também entre os adversários.

Essa prestação de contas ganha certa urgência e está assumindo uma dinâmica especial a poucos dias da passagem da faixa a Jair Bolsonaro.

O caráter histórico, as benfeitorias, os acertos e os erros (políticos ou não!) cometidos à frente do Planalto passam por um duro julgamento.

Os reflexos desse resumo geral vão ajudar a formar as próximas ondas – ainda que o foco maior das atenções a partir de agora seja o presidente eleito.

A atmosfera não está nem mais nem menos favorável a Temer.

E os motivos são conhecidos: 1) os índices de popularidade seguem tão baixos quanto sempre foram e 2) a perspectiva de futuro longe de Brasília nunca deixou de ser uma incógnita.

Posse

Quem vem

A lista de autoridades que devem comparecer à posse do presidente eleito Jair Bolsonaro ainda está sendo confirmada – o Itamaraty emitirá cerca de mil convites com acompanhantes.

Já as forças de segurança do Distrito Federal trabalham com um teto de até 500 mil pessoas na Esplanada dos Ministérios em 1º de janeiro.

Natal

Performance

Os dados completos sobre as vendas no comércio durante o Natal serão conhecidos entre hoje e amanhã.

As preliminares indicam, no entanto, que as expectativas de alta se confirmaram tanto no varejo físico como no eletrônico.

Pós-crise

Mais previsões

A Instituição Fiscal Independente (IFI) – ligada ao Senado – divulgou o último Relatório de Acompanhamento Fiscal (RAF) de 2018.

O documento está disponível na internet.

Em resumo, o texto afirma que a economia brasileira segue em recuperação, mas o movimento ainda é lento e “insuficiente para recolocar o país nos níveis do início do ano de 2014”.

Para a IFI, a superação completa da crise só virá em 2020.

China-brasil

Seguindo o dinheiro

Outro importante documento de conjuntura acaba de ser disponibilizado para consulta pelo Ministério do Planejamento.

No radar há projetos de investimentos chineses no Brasil.

A Secretaria de Assuntos Internacionais da pasta atualizou o banco de dados e refinou a série histórica (2003-2018) (leia a íntegra).

AGENDA

Contas públicas

O Tesouro Nacional divulga hoje o Relatório Mensal da Dívida Pública de novembro

Eleições

Quem não votou no segundo turno das eleições 2018 tem até amanhã (27) para regularizar a situação

________________________________________

SABER

E-books| A Editora Unesp lançou a coleção de e-books Memória Atlântica, que dá acesso a edições digitais de obras raras da cultura luso-brasileira

________________________________________

SUSTENTÁVEL

Vida natural| O Parque Nacional do Pau Brasil (BA) lançou um aplicativo que ajuda os visitantes com orientações, mapas, distâncias, níveis de dificuldade das trilhas, grau de acessibilidade e outras dicas importantes para o passeio

________________________________________

TECH

Drones| O Reino Unido faz ajustes no sistema especial anti-drones que vai operar para evitar casos como o ocorrido há poucos dias no aeroporto londrino de Gatwick. Equipamentos pousaram na pista, o que forçou atrasos e cancelamentos de voos. O aeroporto deverá investir cerca de 5 milhões de libras

________________________________________

BEM-ESTAR

Medicamentos| O prazo da consulta pública para a proposta de decreto de implementação do sistema de logística reversa de medicamentos descartados pelo consumidor foi prorrogado até 18 de janeiro de 2019

________________________________________

JORNAIS

Suplentes | Ao menos 20 suplentes tomarão posse no Congresso em janeiro para mandatos relâmpagos antes do fim da atual legislatura. Por um período inferior a um mês, eles receberão vencimentos que podem chegar a quase R$ 72 mil (manchete de O Estado de S. Paulo)

Indulto | O presidente Michel Temer recuou e decidiu editar o indulto natalino, que concede perdão a presos condenados a crimes não violentos. O benefício a presidiários será dado mesmo sem o STF ter concluído julgamento sobre o decreto do ano passado (todos os veículos)

Israel | O premiê de Israel, Binyamin Netanyahu, não deverá mais participar da posse do presidente eleito, Jair Bolsonaro (todos os veículos)

Rio | Números da Secretaria de Defesa Civil do Estado do Rio de Janeiro mostram que 300 mil pessoas vivem hoje em 2.700 áreas consideradas vulneráveis a desastres naturais, sendo 103 pontos na capital (manchete de O Globo)

Minas | Com as contas no vermelho, o governador mineiro, Fernando Pimentel (PT), vem retendo verba que deveria ser repassada a prefeituras de todas as regiões do estado. A dívida com os municípios já está em R$ 11 bilhões (manchete do Valor Econômico)

Energia | Após encarar dois anos com fortes altas, o preço da energia elétrica paga pelas residências deverá fechar o ano com um aumento médio de 15% em relação a 2017. No próximo ano, a tarifa deverá ficar estável, com aumento médio de 0,38% (manchete da Folha de S.Paulo)

Exportações | Depois dos calotes de Moçambique, Venezuela e, agora, Cuba, o governo brasileiro congelou a concessão do seguro de crédito a novas exportações. A decisão afeta principalmente operações de pequenas e médias empresas (Folha de S.Paulo)

Trump | O presidente dos EUA, Donald Trump, voltou a criticar o banco central americano. As declarações repercutiram no mercado internacional. O índice Nikkei, principal bolsa de Tóquio, caiu ao menor indicador em 20 meses (todos os veículos)