Domingo, 21 de julho de 2019

ISSN 1983-392X

Cenário

por FSB Inteligência

Cenário - 11.2.19

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

Câmara e Senado: valendo!

O Congresso tem um estoque importante de temas pendentes de votação, mas dificilmente vai conseguir zerá-lo nesta semana.

A acomodação político-partidária não terminou. Isso sem falar no movimento pós-eleições das mesas diretoras.

Há ainda as ondas formadas pelo pacote anticrime de Sergio Moro e o vazamento precoce da reforma da Previdência – ‘surpresas’ que acabaram se misturando a um início atípico de jornada legislativa.

No Senado, o comando das comissões permanentes será definido amanhã. Por natureza, esse é um evento que mobiliza a todos que planejam influenciar a dinâmica da Casa.

A divisão do bolo não guarda relação com as anteriores: ocorre em meio a tensões internas que envolvem partidos próximos e outros que tentam se aproximar do Planalto – destaque para o MDB, que promete ser um ator relevante, e para o DEM e sua órbita.

Na Câmara, o ambiente dá sinais de que segue um pouco mais controlado, embora nem todas as frentes tenham sido mapeadas.

O plenário está (teoricamente!) preparado para destravar a pauta. Já Rodrigo Maia tem em mãos um bom rascunho dos primeiros atos.

São pontos positivos nesse e na maioria dos contextos, desde que o fluxo e o ritmo alinhem-se à realidade.

Previdência

Assunto em comum

As lideranças partidárias na Câmara e no Senado reservaram os primeiros dias da semana para repassar estratégias em torno do que seria o calendário ideal da reforma da Previdência.

O timing está sendo ajustado.

A internação do presidente Jair Bolsonaro e a definição de papeis na base aliada – principalmente dentro do PSL – são os motivos mais visíveis para a revisão.

PSDB

Da plateia para o palco

Com Tasso Jereissati (CE) à frente, os tucanos tentam moldar discurso e práticas aos novos tempos.

Alguns setores ainda se recuperam do período Michel Temer, enquanto outros olham para o potencial da agenda Bolsonaro.

Na perspectiva de curto prazo, o que está colocado é 1) a ocupação de espaços relevantes no Senado, 2) uma atuação de suporte na Câmara e 3) a abertura de linhas de comunicação mais promissoras com o Planalto.

Governo

O indulto

O decreto que concede indulto humanitário de liberdade a presos com doenças graves e em estado terminal está publicado na edição de hoje do Diário Oficial da União – seção 1.

Economia

Novas fronteiras

As apostas de alta no consumo ao longo de 2019 continuam firmes, mas o pós-crise introduziu elementos novos que mexem com a análise tradicional.

Os hábitos do brasileiro que vai às compras mudaram, o que tem demandando mais tempo e cuidado na interpretação do dado.

Uma pesquisa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), em parceria com o Banco Central, mostra isso.

AGENDA

Venezuela - A Mesa Diretora do Parlamento do Mercosul (Parlasul) se reúne hoje em Montevidéu (Uruguai) para discutir a crise na Venezuela.

EDUCAÇÃO

Línguas - Conheça o Idiomas Sem Fronteira, programa do MEC voltado a estudantes de nível superior.

SABER

Somerset house - Arte e cultura contemporâneas em um dos centros criativos mais visitados de Londres. Veja os programas e saiba as datas das melhores exposições.

SUSTENTÁVEL

Japão x plástico - Com base na Política Básica Revisada sobre a Promoção de Aquisições Verdes o governo do Japão decidiu proibir itens plásticos em órgãos públicos a partir de abril deste ano.

TECH

Campus party - A feira de tecnologia, games e música acontecerá a partir de amanhã, em São Paulo. A organização prevê 120 mil visitantes e 8 mil acampados.

BEM-ESTAR

Mais médicos - O Ministério da Saúde divulgou um novo cronograma para médicos brasileiros formados no exterior selecionarem as vagas abertas Mais Médicos.