Quarta-feira, 26 de junho de 2019

ISSN 1983-392X

Cenário

por FSB Inteligência

Cenário - 15.5.19

quarta-feira, 15 de maio de 2019

Uma maré pessimista

Uma maré de pessimismo tomou conta de agentes políticos importantes, que passaram a descrever de forma dramática o quadro econômico nacional.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia já avalia que a reforma da Previdência não será suficiente para recuperar a atividade econômica e reduzir o desemprego.

E mais, o parlamentar passou a defender uma revisão do teto de gastos, prevendo que sem isso haverá "um colapso social".

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que o país pode ser engolido por um "buraco negro fiscal". Ele apelou aos parlamentares para aprovar o projeto de crédito suplementar de R$ 248 bilhões até junho para evitar um shutdown orçamentário.

O pessimismo não é retórico.

O Comitê de Política Monetária disse que o contexto econômico aponta para uma queda do PIB no primeiro trimestre deste ano.

O dado oficial deve ser divulgado pelo IBGE no final do mês e pode vir adicionado de outra estatística ruim.

Normalmente, quando o IBGE divulga os dados do PIB trimestral, há uma reavaliação da estatística do trimestre anterior. Nos últimos três meses do ano passado, a soma de todas as riquezas do país foi de 0,1%.

Caso revise o número para o campo negativo e aponte uma nova queda entre janeiro e março deste ano, o Brasil pode entrar no que os economistas chamam de recessão técnica, quando o Estado tem PIB negativo por seis meses consecutivos.

Consumidor

Inadimplência aumenta

Mais de 40% da população adulta do Brasil está inadimplente, cerca de 62,6 milhões de pessoas.

Os dados do Serviço de Proteção ao Crédito mostram que houve um aumento de 2% da inadimplência em abril em relação ao mesmo período do ano passado.

Os dados abertos por setor apontam que a maior parte das pendências (52%) está ligada aos bancos, que envolvem dívidas com cartão de crédito, cheque especial, financiamentos e empréstimos.

Em seguida aparecem os segmentos do comércio (17%), de comunicações (12%) e de água e luz (10%).

Serviços

Queda acumulada

O setor de serviços, o mais representativo da economia brasileira e o que mais emprega formalmente, acumulou queda de 1,7% nos três primeiros meses do ano.

O resultado, divulgado pelo IBGE, anula o crescimento de 0,9% ocorrido entre outubro e dezembro de 2018.

Na comparação com março de 2018, o volume de serviços caiu 2,3%.

15 de maio

Dia de protestos

O governo enfrenta hoje a primeira manifestação popular relevante contra os cortes na área de educação.

A oposição torce para que a greve dos profissionais da área tenha grande adesão para provocar abalos à imagem do presidente Jair Bolsonaro.

Em um movimento de desgaste adicional, os deputados aprovaram uma convocação para que o ministro da Educação, Abraham Weintraub, vá ao plenário da Câmara hoje explicar os cortes no orçamento das universidades e nas pesquisas.

O governo recorreu à Força Nacional para bloquear manifestantes, caso eles tentem entrar no Ministério da Educação, em Brasília.

MCMV

Um novo programa

O governo pretende lançar em julho um novo programa habitacional para substituir o Minha Casa, Minha Vida.

A ideia é usar recursos do FGTS para financiar os incorporadores, que seriam responsáveis pelos projetos habitacionais por meio de uma concessão que poderia durar até 30 anos.

Os empreendimentos seriam construídos em áreas doadas pelos governos municipais e estaduais.

Revisão

Os sinais do STJ

A revogação da prisão preventiva do ex-presidente Michel Temer pelos ministros do Superior Tribunal de Justiça indicou uma revisão das linhas jurídicas adotadas pela Lava Jato até agora.

Em seus votos, afirmaram que apenas depoimentos de delações premiadas não podem embasar prisões cautelares e que a luta contra a corrupção não pode virar "caça às bruxas".

Veja os votos dos quatro ministros que decidiram por unanimidade libertar Temer.

EUA

Prêmio e reunião

O presidente Jair Bolsonaro embarcou nesta madrugada para Dallas, nos Estados Unidos, onde recebe a homenagem da Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos.

Antes disso, ele se reúne hoje, às 15h, com o ex-presidente dos EUA George W. Bush.

AGENDA

Reforma - A CCJ da Câmara dá início ao debate da reforma tributária hoje.

Cortes - O ministro da Educação, Abraham Weintraub, participa de audiência pública na Câmara para explicar cortes orçamentários.

Seminário - O ministro da Justiça, Sérgio Moro, participa hoje, às 9h30, da abertura do Seminário de Alinhamento com os membros das Forças-tarefa do Programa Nacional de Enfrentamento à Criminalidade Violenta.

IBC-BR - O Banco Central divulga hoje o Índice de Atividade Econômica do Banco Central de março deste ano.

EDUCAÇÃO

Apoio - Confira uma lista de organizações que ajudam a conseguir bolsas para estudar no exterior.

SABER

Dart - Conheça os planos da Nasa para desviar asteroides em rota de colisão com a terra.

SUSTENTÁVEL

Meio ambiente - Apenas um terço dos 246 grandes rios do mundo ainda pode ser considerado como "rios de curso livre".

TECH

Plataforma - Google Assistant ganha seis novas funções.

BEM-ESTAR

Alimentação - Saiba quais são os 9 aminoácidos essenciais e em quais alimentos é possível encontrá-los.