Sábado, 17 de agosto de 2019

ISSN 1983-392X

Curso

Dissolução societária e apuração de haveres dos sócios


Dissolução societária e apuração de haveres dos sócios

  • Data: 3/9
  • Horário: 9 às 17h
  • Local: Curitiba/PR

Um dos mais complicados processos que temos no direito, sem dúvida é o de dissolução societária.

A dissolução societária tem como principais causas: a retirada, morte ou exclusão de um ou mais sócios.

Um processo destes pode levar vários anos e trazer grandes custos aos seus sócios. Para evitar este tipo de situação é melhor o empresário estar prevenido suas dificuldades e saber como lidar com estas situações. Esta prevenção começa com a elaboração do contrato social e pode ainda, após a constituição da sociedade, ser realizada através de alteração contratual.

Nossa experiência em muitas destas causas vem nos demonstrando que a busca de uma solução conciliatória é uma boa excelente solução para apurar os haveres dos sócios. Porém, quando esta solução não se dá nesta forma, é importante que as pessoas envolvidas saibam como lidar com esta situação para não terem perda patrimonial.

Além do desgaste emocional, poderá haver a perda financeira, esta causada pela demora no seu recebimento. Com soluções inovadoras, o empresário pode tomar medidas de urgência e com isso agilizar seu recebimento.

Objetivo

Demonstrar de forma prática em que casos ocorre a dissolução parcial ou total das sociedades empresárias limitadas e anônimas de natureza familiar e prevenir os sócios para que no futuro não tenham problemas no recebimento de seus haveres e os recebam de forma justa.

Metodologia

Apresentação prática das principais decisões tomadas em casos concretos e como se manifestaram nossos tribunais.

Benefícios esperados: Fazer com que os sócios previnam que discussões judiciais no futuro, economizem dinheiro com discussões judiciais, não percam tempo aguardando decisões judiciais muitas vezes incertas e ainda recebendo aquilo que não acham justo.

Público alvo

Sócios, contabilistas, administradores, economistas e advogados.

Programa Completo

I – A Resolução da Sociedade com Relação a um dos Sócios

  • Causas de resolução da sociedade com relação a um dos sócios;
  • Do direito de retirada ou recesso do sócio;
  • O direito de retirada na sociedade limitada por tempo indeterminado;
  • O direito de retirada ad nutum;
  • O direito de retirada convencional;
  • O direito de retirada do sócio em virtude da modificação do contrato social, fusão da sociedade, incorporação de outra, ou dela por outra;
  • Modificação do contrato social;
  • As operações de reestruturação societária;
  • O direito de retirada por justa causa na sociedade limitada por tempo determinado;
  • Exercício do direito de retirada por manifestação unilateral de vontade do sócio;
  • Legitimidade ativa e passiva;
  • Formalidade;
  • Prazo para o exercício do direito de retirada;
  • A retirada ad nutum;
  • O direito de retirada legal;
  • Do direito de retirada convencional e por justa causa;
  • Expulsão ou exclusão do sócio;
  • Causas de exclusão do sócio;
  • Causas de exclusão enumeradas legalmente;
  • A exclusão do sócio remisso;
  • A exclusão do sócio por incapacidade superveniente;
  • A exclusão do sócio em decorrência da liquidação de suas quotas em ação de execução singular;
  • A declaração de falência do sócio;
  • Causas de exclusão do sócio em virtude da presença e da ausência de cláusulas contratuais;
  • A exclusão do sócio diante de cláusula contratual;
  • A exclusão do sócio mesmo diante da ausência de cláusula contratual quando houver justa causa;
  • A exclusão do sócio que faz concorrência com a sociedade;
  • A exclusão do sócio diante de outros motivos de justa causa e falta grave;
  • Da exclusão por justa causa;
  • Da exclusão por falta grave;
  • A exclusão do sócio pela quebra da affectio societatis;
  • O estabelecimento do processo de exclusão do sócio;
  • O estabelecimento do processo de exclusão do sócio minoritário;
  • Órgão competente e legitimidade para excluir o sócio;
  • Direito de defesa;
  • O voto;
  • Efeitos da exclusão;
  • Da alteração do contrato social;
  • Do registro e publicidade;
  • Da revisão judicial;
  • Do direito de indenização pelos prejuízos sofridos;
  • O estabelecimento de exclusão do sócio igualitário e do sócio majoritário pelos minoritários;
  • A morte de um dos sócios;

II – Como são avaliados os haveres do sócio extrajudicial e judicialmente

  • O valor de reembolso;
  • A proporção de haveres segundo a integralização de quotas;
  • Critérios de apuração dos haveres;
  • A apuração de haveres segundo o contrato social, a convenção entre os sócios e a feita judicialmente;
  • Balanço especialmente levantado;
  • O momento da apuração de haveres;
  • A situação patrimonial da sociedade;
  • O reembolso dos haveres.

III - Da Dissolução da Sociedade

  • Causas de dissolução da sociedade;
    • A declaração de falência da sociedade empresária e da insolvência civil;
    • O vencimento do prazo de duração;
    • A dissolução extrajudicial;
    • A falta posterior de, no mínimo, outro sócio;
    • A extinção de autorização para funcionar;
    • Causas previstas no contrato social;
    • Anulação da sociedade;
    • A realização, o desaparecimento ou inexequibilidade do fim social;
    • Da dissolução judicial em face de uma causa justa;
    • Sociedade inativa;
  • A liquidação da sociedade
    • A colocação em prática da dissolução através da liquidação;
    • Dos efeitos da dissolução;
    • A publicidade da dissolução;
    • A sobrevivência da sociedade em liquidação;
    • Cessão de ativo;
    • A liquidação de bens e a partilha;
    • Da nomeação e destituição do liquidante;

- A nomeação;

- A destituição;

  • As funções do liquidante;
    • Da representação da sociedade;
    • Da elaboração do balanço e inventário;
    • A venda dos bens sociais e restrições sobre os mesmos;
    • Do recebimento de créditos e pagamento das dívidas sociais;
    • Do dever do liquidante prestar contas;
    • Da publicidade da liquidação societária;
  • Das assembleias durante a fase de liquidação;
    • Da realização da assembleia na liquidação extrajudicial;
    • Da convocação e presidência de assembleia ou reunião de sócios na liquidação judicial;
  • Da responsabilidade civil do liquidante;
    • Das causas de responsabilidade civil;
    • Da prescrição;
  • A extinção da sociedade.

IV – Ações Judiciais de Resolução da Sociedade com Relação a um dos Sócios e de Dissolução

  • A possibilidade jurídica do pedido;
  • O foro competente;
  • O interesse de agir;
  • Legitimidade de partes;
  • Legitimidade ativa;
  • Legitimidade passiva;
  • O pedido;
  • O valor da causa;
  • Das provas.

Instrutor/Palestrante

- Robson Zanetti
Tem experiência a mais de 17 anos em advocacia e convivência internacional nas áreas do direito, pois realizou cursos de aperfeiçoamento nas melhores universidades da Europa e do mundo. Na França fez doutorado em direito empresarial na mais renomada instituição de ensino do mundo, a Université de Paris 1 – Panthéon/Sorbonne, concluiu o curso de DEA na Université de Paris e Corso Singolo em Direito Empresarial na Itália junto a Universita Statale degli Studi di Milano. É sócio fundador do escritório Robson Zanetti e Advogados Associados, é professor e autor de mais de 200 artigos na área jurídica além de cinco livros: Manual da Sociedade Limitada, Direito Familiar, Assédio Moral no Trabalho, Assédio Moral e Dano Moral no Trabalho e também Execuções Fiscais. Ainda, é juiz arbitral e palestrante de nível nacional.

Carga horária

8 horas

Realização

  • CEO Treinamentos

__________________

INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES

TELEFONE

(41) 3232-8804

e-mails

contato@ceotreinamentos.com.br

ou

atendimento@ceotreinamentos.com.br

ou

Clique aqui

Publicado em: quinta-feira, 23 de agosto de 2012