Sábado, 25 de maio de 2019

ISSN 1983-392X

Curso

TurnAround Reestruturação de dívidas: dificuldades, oportunidades e alterações na lei

Em SP, 10 de novembro de 2016.

  • Data: 10/11
  • Horário: 9h às 18h
  • Local: Hotel Tulip Inn Paulista Convention (Rua Apeninos, 1070 Paraíso - São Paulo/SP)

Objetivo

O curso objetiva garantir uma sólida visão do mercado de turnaround de empresas, como identificar, evitar e agir em situações de crise empresarial.

Consequência do ciclo de vida da empresa, ou de um certo padrão de gestão dos negócios ou ainda de um ambiente externo hostil, tal como o vivido hoje pela economia brasileira, os momentos de dificuldades nas corporações exigem agilidade dos administradores. Quanto mais cedo os sinais de crise forem detectados, maiores as chances de sobrevivência de uma organização.

Em 2015/16, houve um crescimento significativo dos pedidos de recuperação judicial no Brasil, em consequência da crise econômica. Uma parte significativa dos casos envolveu companhias que demoraram para adotar ações de correções de trajetória.

Adotar o Early Turnaround é uma forma de reação no qual a empresa tem muito mais chances de sobreviver.

Público-alvo

Empresários e gestores que queiram melhorar sua capacidade como gestores em períodos de turbulência e necessidades de grande e rápida agregação de valor para suas empresas, a fim de evitar ou sair de crises.

Programa

1. Introdução e perspectivas

  • Apresentaremos o mercado de turnaround, incluindo entendimento do papel dos principais stakeholders e como lidar com eles.
  • Exploraremos os principais motivos que normalmente levam empresas a situações de distress, bem como evita-las.
  • Apresentaremos os principais frameworks para ser bem-sucedido num processo de turnaround de uma empresa em distress.
  • Além das leituras extraclasse, fecharemos esta seção com um estudo de caso rico e amplo para exercitar os conceitos apresentados.

2. Fator humano no turnaround

  • Não há sucesso empresarial sem sucesso na gestão de pessoas. Também não há turnaround bem-sucedido sem foco nas pessoas. Por isso a gestão de pessoas é o principal fundamento para a melhoria de desempenho de uma empresa em distress.
  • Nesta seção faremos uma revisão dos conceitos básicos de gestão de pessoas, sem os quais não há turnaround.
  • Daremos ênfase aos principais conceitos e ferramentas a serem exercitados e aplicados em situações de empresas em distress bem como em empresas saudáveis.

3. Psicologia e seus efeitos nas crises

  • Nesta seção faremos uma apresentação não exaustiva de aspectos psicológicos humanos que têm grande efeito no comportamento de executivos, empreendedores e demais stakeholder (como em qualquer pessoa). Enfatizaremos a necessidade de identificação de tais aspectos e exploraremos a melhor forma de lidar com eles para obter melhores resultados no turnaround.

4. Diagnóstico estratégico e financeiro e plano de ação

  • Apresentaremos os principais conceitos e frameworks de uma análise estratégica. Num processo de turnaround, ao mesmo tempo em que pomos em prática medidas emergenciais na gestão da companhia, também precisamos rever a situação estratégica da Cia., e reavaliar seu direcionamento.
  • A reavaliação da situação estratégica da Cia. deve levar ao entendimento das medidas necessárias para garantir a competitividade e sobrevivência da empresa no longo prazo.
  • Entretanto, por vezes, a avaliação estratégica leva a identificação de mudanças com potencial de geração de valor imediato e rápida geração de caixa.
    As principais métricas e formas de realizar um bom diagnóstico financeiro serão apresentadas e exercitadas aqui também.

5. Uso de proteção judicial – a lei de Recuperação Judicial no Brasil

  • Faremos uma introdução com histórico e características gerais da lei.
  • Exploraremos as práticas necessárias para a condução bem-sucedida de um processo de
  • Recuperação Judicial, envolvendo avaliação dos tipos de créditos e formas de gestão destes.
  • Fusões e Aquisições em situações de Recuperação Judicial e venda de Unidades Produtivas Isoladas.
  • Estudos de casos: sucessos e insucessos. O que contribui para o sucesso ou insucesso de uma Plano de Recuperação Judicial.

Instrutor

-
Marcellus Glaucus Gerassi Parente
Bacharelado em Direito pela UNIP, cursos de extensão em Family Bussines e de Turnaround de Empresas: da reestruturação à recuperação judicial, ambospelo INSPER / SP; LLM / Direito em Direito Societário pelo Insper / SP, dezoito anos de experiência em consultoria empresarial e tributária.

Realização

  • Sodepe Brasil

___________

Ganhador:

  • Ricardo Ferrero

INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES

TELEFONE

(11) 3872-7485 / 3871-0453

e-mail

contato@sodepebrasil.com.br

ou

Clique aqui

Publicado em: sexta-feira, 21 de outubro de 2016