Domingo, 20 de outubro de 2019

ISSN 1983-392X

Lauda Legal

por Roberta Resende

"Teoria Geral do Direito Tributário"

terça-feira, 3 de novembro de 2009


Teoria Geral do Direito Tributário









Editora:
Noeses
Autor : Alfredo Augusto Becker
Páginas: 727







"Há obras que assinalam de modo incisivo a marcha do pensamento humano, conduzindo-o para certas direções que fatores históricos vão consolidando como conquistas da cultura, nos vários segmentos do saber. Está entre elas, sem dúvida alguma, esta 4ª edição da "Teoria Geral do Direito Tributário", de autoria de Alfredo Augusto Becker, livro que a Editora Noeses, em boa hora, reedita para a comunidade jurídica, em geral, e para o setor tributário de forma especialíssima.

O "Teoria Geral do Direito Tributário" é, antes de tudo, um clássico. Porém, um clássico sempre novo, novíssimo diria eu, em face de sua proposta fundamental de estruturar a mente do jurista que lida com a matéria tributária, ensinando-o a pensar com o senso jurídico, muitas vezes distante do tão proclamado "bom senso".

(...)

É precisamente aqui que cabe dizer do livro de BECKER ter sido ele escrito com tanto sentimento, animado com tão elevado calor humano, que seus pensamentos ficariam mais bem expressos se declamados, expostos cadenciadamente em ritmo de poesia, como se predica das grandes produções do homem. Recomendam os sábios que, ao encontrarmos obras como esta, subamos os montes, deixemo-nos embebedar das sensações admiráveis que proporciona, convidando a própria montanha para que nos acompanhe na leitura.

Com efeito, a eloqüência utilizada pelo autor se serve de uma linguagem carregada de termos e de locuções tomadas das ciências médicas, tudo para mexer nas consciências e sacudir as vontades dos mais indiferentes leitores, orações que não foram construídas singelamente pelo espírito, mas por sentidos atilados de quem vibra de emoção perante as possibilidades da mente humana.

Foi assim que BECKER logrou inserir-se, por inteiro, nessa obra, fazendo com que haja nela uma perfeita integração, de tal sorte que o enunciado nos conduza, de imediato, ao ato de enunciação, sem intermediários que possam desviar a direção da mensagem. Quando lhe perguntei o que havia sentido ao escrever o capítulo "Sistema dos fundamentos óbvios", respondeu- me que o escrevera com tanta emoção que, algumas vezes, chegara a entortar a pena da caneta." Paulo de Barros Carvalho, Titular de Direito Tributário da PUC/SP e da USP

____________


Ganhador :

Marcos Kruse, de Maringá/PR


____________

Adquira já o seu :












__________________

Roberta Resende

Roberta Resende é formada pela faculdade de Direito do Largo de São Francisco/USP (Turma de 1995) e pós-graduada em Língua Portuguesa, com ênfase em Literatura.