Domingo, 23 de setembro de 2018

ISSN 1983-392X

Artigo - Recuperação Judicial: na Oi, o maior teste

de 7/1/2018 a 13/1/2018

Parabéns aos colaboradores da Oi, e em especial ao gabaritado corpo jurídico da empresa, dirigido pelo dileto Dr. Eurico Teles (Migalhas 4.256 - 15/12/17 - "Recuperação Judicial - Oi" - Clique aqui). É meritório aditar à brilhante exposição feita pelo articulista, que todo o exitoso processo de recuperação judicial transcorreu de permeio a maior crise econômica recente no país, onde a recessão levou inúmeros empreendimentos a malograrem em prejuízo a consumidores, acionistas, fornecedores e ao próprio estado pela perda de arrecadação.

André Nicolas de Campos - 9/1/2018

Sou credor da Oi (Migalhas 4.256 - 15/12/17 - "Recuperação Judicial - Oi" - Clique aqui). Fiz o acordo e até hoje não recebi nada. A primeira parcela deveria sair 22/12/17. Ninguém informa nada.

Claudio lysias - 10/1/2018

A Oi é mais uma prova de que a afirmativa de que as empresas privadas são mais seguras e eficazes do que as empresas estatais (Migalhas 4.256 - 15/12/17 - "Recuperação Judicial - Oi" - Clique aqui). Foi "vendida" pelo governo petista sob um manto de regalias muito suspeitas, ptchulecos, ínfimo valor simbólico e, mesmo assim, afundou na incompetência gerencial que pode estar presente tanto em privadas como nas estatais.

José Renato Almeida - 13/1/2018

Comente