Quarta-feira, 19 de setembro de 2018

ISSN 1983-392X

Artigo - Vitória da identidade de gênero

de 8/7/2018 a 14/7/2018

"Com todo respeito ao autor do texto, bem como ao seu propósito, acredito que houve um equívoco quanto ao uso do termo 'orientação sexual' (Migalhas 4.393 - 9/7/18 - "Identidade de gênero" - clique aqui). Veja-se o trecho: 'Na realidade, o que se constatava é que a pessoa carregava as genitálias interna e externa perfeitas, porém em total desajuste com sua mente, que já se amoldou ao sexo oposto e a ele quer definir sua orientação sexual'. Creio que o termo correto seria 'identidade de gênero', não 'orientação sexual', principalmente pelo tema tratado no artigo. Relembre-se que a orientação sexual trata do gênero que desperta atração no indivíduo, seja de ordem afetiva ou sexual. Por outro lado, a identidade de gênero diz respeito ao foro íntimo, ao gênero com o qual a pessoa se identifica, podendo corresponder ou não ao sexo que define sua genitália. Em outras palavras, orientação sexual é de quem nós gostamos, ao passo que identidade de gênero é quem nós somos. Acho pertinente o esclarecimento, a fim de não perpetuemos a confusão de conceitos que comumente acontece quando da discussão do tema. Ademais, isso também contribui para uma melhor aceitação da sociedade. No mais, é sempre muito bom ver o respeito à diversidade ocupando espaços como esse. Meus votos de estima!"

Maria Luísa Machado Dantas de Sena - 8/7/2018

Comente