Terça-feira, 23 de outubro de 2018

ISSN 1983-392X

Guarda dos filhos

de 5/8/2018 a 11/8/2018

"Parece-me que é o mal do milênio: brasileiro nenhum (pais e autoridades em geral), gozam de condições moral para gerir ou tratar de qualquer questão que exija respeito ao próximo (Migalhas 4.416 - 9/8/18 - "Perda de guarda" - clique aqui). É cada um querendo ser mais e pior para o outro. Lamentável que um país tão privilegiado nos aspectos da natureza, possa ter ter adquirido uma cultura humana tão odiosa."

Milton Domingues - 9/8/2018

"O feminismo radical está acabando com a família brasileira (Migalhas 4.416 - 9/8/18 - "Perda de guarda" - clique aqui). O pior é saber que toda essa agenda é movida por uma advogada condenada por violência psicológica contra a filha e por fazer falsa denúncia contra o ex para afastar pai e filha. Vejam que em momento algum a deputada e a senadora falam efetivamente na criança, pelo contrário, estão usando crianças para criarem proteção às mulheres. Essa nova onda que move projetos de lei é CPI em nome da proteção aos filhos, tem por trás uma intenção clara de querer blindar a mulher na prática de afastamento parental, alienação parental, falsas denúncias e demais abusos que vemos após a separação do casal. São textos inconstitucionais aceitos por um Estado incapaz de fazer sua parte e quer lavar as mãos 'mostrando serviço' na contramão da verdade e da própria igualdade buscada."

Mariana Lopes - 9/8/2018

"É um projeto fraco e que busca apoio feminino uma vez que é voltado ao crime de feminicídio (Migalhas 4.416 - 9/8/18 - "Perda de guarda" - clique aqui). Já não pode ser automática pelo simples fato de, no caso de a mulher genitora praticar homicídio contra o genitor, verificar a excludente de ilicitude da legítima defesa. Demais disso, é claro que a conduta dos pais é fundamental para o crescimento saudável dos filhos, formação e desenvolvimento de suas potencialidades, entretanto, já há previsão legal de que em casos de crimes o poder parental ser limitado ou até inibido sob a fiscalização do MP. Parece-me um projeto focado em uma categoria em busca de votos. Parafraseando Tomasi de Lampedusa 'Muda-se tudo para não mudar nada'!"

Damaris Badalotti - 9/8/2018

Comente