Quarta-feira, 26 de junho de 2019

ISSN 1983-392X

Fundação Lava Jato

de 10/3/2019 a 16/3/2019

"Essa gente acima do bem e do mal nunca teve medidas e não é agora que vai ter (Migalhas 4.557 – 11/3/19 – Lavando as mãos)."

Abdala Abi Faraj - 11/3/2019

"E desde quando decisão que homologa acordo se chama 'despacho' (Migalhas 4.557 – 11/3/19 – Lavando as mãos)? E desde quando um juiz pode revogar uma decisão homologatória de outro, na mesma instância? Onde Migalhas aprendeu isso?"

Alexandre Barros - 11/3/2019

"Eles querem dinheiro também (Migalhas 4.557 – 11/3/19 – Lavando as mãos)."

Adão Francisco de Oliveira - 13/3/2019

"Não posso deixar de comentar (Migalhas 4.559 – 13/3/19 – Inconstitucionalidade). Os 'meninos de Curitiba' são homens de bem que deram a cara para bater, arriscaram suas carreiras na tentativa de impedir a roubalheira impune de nosso patrimônio; por acaso vocês tem a coragem de impingir alguma alcunha ao dr. Moro? E a outros que estão lutando por nós, seja em Curitiba, no Rio, em Brasília, etc.? O que a OAB e outras OA's fizeram até agora, a não ser questionar algumas ações que arrepiam a nossa lei cheia de buracos, calando-se olimpicamente frente a outras ações igualmente arrepiantes perante a lei? Vou repetir o que já escrevi inúmeras vezes: vivemos numa ditadura democrática, num Estado de Direito para poucos. Ao invés de ofender os 'meninos', todos eles, que tal, como já pedi várias vezes, propor alternativas para que os que estão dando a cara para bater atinjam seus objetivos?"

Claudio B. Marques - 14/3/2019

"Conchavaram  - entre eles e os amiguinhos deles nos EUA - a divisão do dinheiro, que, se ficar com eles, eles dividirão com esses amiguinhos deles nos EUA e, se não ficar com eles, tem que ser entregue aos amiguinhos deles nos EUA, para que tais amiguinhos façam a referida divisão e entregue a parte deles (Migalhas 4.561 – 15/3/19 – Notícia preocupante). Vale repetir 'pode haver mais coisas entre Curitiba e Washington do que sonha nossa vã filosofia', com implicações que podem por em risco a soberania nacional."

Guilhermina Coimbra - 15/3/2019

Comente