Quarta-feira, 23 de outubro de 2019

ISSN 1983-392X

"Já passou da hora do ICMBio (Chico Mendes) mudar sua denominação para ICMBio - Instituto Cândido Mariano Rondon de Conservação da Biodiversidade (Migalhas quentes – 16/10/17). Uma das grandes farsas habilmente construídas por ONG's foi a transmutação de um mero sindicalista, Chico Mendes, em 'ambientalista', fato contestado até mesmo pelo Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Xapuri e seus militantes. O que ocorreu na floresta acriana nos anos 80 foi uma mera disputa por razões econômicas, entre seringueiros e extrativistas artesanais (movidos apenas por interesses exclusivamente pessoais) contra empresas (pecuária, madeireiras); portanto, muito longe de 'ambientalismo'. Chico Mendes jamais moveu 'uma única palha' em prol de 'ambientalismo'; nem sabia o que era isso. Por outro lado, Cândido Mariano da Silva Rondon desbravou e integrou o Brasil, explorando o Mato Grosso e a Bacia Amazônica Ocidental, além de estimular a criação do Parque Nacional do Xingu, sendo lendário o seu apoio às populações indígenas."

Milton Córdova Junior - 21/5/2019

Comente