Terça-feira, 19 de novembro de 2019

ISSN 1983-392X

Porteiro desaparecido

de 3/11/2019 a 9/11/2019

"Agora sabe-se que assim que o caso Queiroz veio à tona, Bolsonaro o mandou jogar o celular fora e ele obedeceu. Santo ou precavido? No caso do porteiro, um ano após ele fazer o registro que 'seu Jair' autorizou a entrada do comparsa de Ronnie, o MP/RJ disse que ele mentiu nos dois depoimentos. Não disse que mentiu ao fazer o registro sobre Élcio Queiroz. Aliás, a foto desse registro do porteiro foi encontrada no celular de Ronnie no começo de outubro passado, mas a mensagem foi feita um dia antes do depoimento de Ronnie e Élcio à Justiça. A esposa de Ronnie, Elaine Lessa, avisava o marido desse ocorrido e enviava a foto. O porteiro tem 13 anos no Vivendas da Barra e conhece muito bem a voz do 'seu Jair'. Por outro lado, depondo no mês de outubro, por que sem mais nem menos iria se meter com um presidente protetor de miliciano e um assassino profissional do tipo Ronnie? Falando nisso, o porteiro sem nome está desaparecido. E a perícia do interfone de Bolsonaro para verificar se é daquele tipo que transfere a chamada para o celular do interessado? A imprensa está imensamente frouxa neste caso. Por que?"

Abílio Neto - 6/11/2019

Comente