Terça-feira, 23 de abril de 2019

ISSN 1983-392X

Marketing Jurídico

por Alexandre Motta

Marketing pessoal e a divulgação nas redes sociais

quinta-feira, 18 de abril de 2019

Nosso amigo Pedro Reinaldo Bulias pergunta:

"O marketing pessoal dos sócios está ligado à divulgação do escritório nas redes sociais?"

Pedro, obrigado pela pergunta. Definitivamente existe uma ligação direta entre a imagem que o sócio projeta no mercado (seu marketing pessoal) e a imagem institucional da banca. Em diversas palestras que dou no mercado mostro casos (incluindo diversos exemplos reais) bastante peculiares, onde o escritório se esforça para criar uma imagem séria e serena e o sócio consegue, em poucas fotos ou comentários, destruir completamente esta tentativa em função de não entender que a "cabeça" do escritório é ele, e, sendo assim, deveria personificar fortemente as qualidades intrínsecas de sua empreitada.

Exemplifico: é fácil demais buscar, derivado do nome principal, os sócios responsáveis por determinado escritório. Posto isso, ninguém quer ver um perfil institucional completamente estilizado e correto para que, momentos depois, possamos ver o perfil do dono deste escritório completamente inadequado, muitas vezes com situações pornográficas, etílicas ou simplesmente desorganizadas. Já vi, nestes anos de consultoria, casos completamente sem noção, onde o sócio maior teve a falta de percepção de colocar postagens como "Saindo de férias. Não avisem meus clientes!" ou "Novo estagiário no escritório! Agora o problema tá em outras mãos. Kkkkkk....Partiu happy hour!". O tom pode ser de brincadeira, mas contradiz tudo que o escritório prega em seus discursos institucionais.

Se você é uma pessoa desorganizada ou que não tem prioridades em sua vida pessoal e transparece isso nas suas redes sociais, tenha certeza que o impacto ocorrerá também na imagem corporativa de seu escritório. Ninguém quer entrar em uma Ferrari que o motorista seja um bêbado. Por mais que ele tente te convencer que esta Ferrari é um dos melhores carros do mundo, você ainda sabe que existe uma pessoa embriagada por trás de sua direção. Desastre total.

Já que estamos falando de redes sociais, não deixe de conferir meu artigo, postado há algum tempo aqui mesmo no Migalhas, intitulado: "Redes Sociais para Advogados - É Proibido Entrar Com Cachorro". Lá tem boas dicas também.

Confira toda sexta-feira a coluna "Marketing Jurídico" e envie suas dúvidas sobre marketing jurídico, gestão de escritórios, cotidiano dos advogados empreendedores ou dúvidas gerais sobre o dia a dia jurídico por e-mail 
(com o título Coluna Marketing Jurídico) que terei um grande prazer em ajudar.

Bom crescimento!

Alexandre Motta

Alexandre Motta é consultor e sócio diretor do Grupo Inrise. Com formação e pós-graduação em marketing pela ESPM (Escola Superior de Propaganda e Marketing), atuou durante cinco anos em escritório jurídico como responsável pela área de desenvolvimento de negócios e comunicação com clientes. É palestrante oficializado pela OAB (tendo recebido inclusive a Medalha do Mérito Jurídico), escreve artigos de relevância para o mercado atual e é autor dos livros "Marketing Jurídico – Os Dois Lados da Moeda" e "O Guia Definitivo do Marketing Jurídico". Apresenta também o programa de entrevistas Conversa Legal, focado na interatividade dos profissionais do setor jurídico. Desde 2002 mantém, através de sua consultoria, uma clientela de inúmeros escritórios jurídicos sob sua responsabilidade de atuação e crescimento em marketing ético.