Quarta-feira, 13 de novembro de 2019

ISSN 1983-392X

Porandubas Políticas

por Gaudêncio Torquato

Porandubas nº 259

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Filho inepto

Velhos tempos. Tempos de deboche e criatividade. O deputado Luís Viana Neto estava na tribuna da Câmara :

- Filho e neto de governadores da Bahia...

Lá embaixo, o deputado Francisco Studart (MDB-Rio) gritou :

- Não apoiado !

- Senhor deputado, sou filho e neto de governadores da Bahia.

- Perdão, excelência. Entendi mal. Entendi : "Filho inepto de governadores da Bahia"...

Risadas gerais na Câmara.

Caças da FAB no ar

A questão da aquisição dos caças da FAB está no ar. Ou subiu no telhado, como queiram. A presidente Dilma suspendeu por enquanto a operação. Lula já quase havia se comprometido com os caças Rafale, da França. Agora, além dos franceses, suecos, norte-americanos, os russos, que haviam sido desclassificados, voltarão a participar. O senador americano John McCain, que passou por aqui para fazer um pouco de pressão, disse que a Boeing poderia transferir tecnologia para o Brasil. A análise deste consultor, depois de conversas de bastidores, converge para a seguinte pontuação : 1. Franceses ainda estão em primeiro lugar, com 87 pontos; 2. Os Gripen suecos vêm em segundo lugar, com 72 pontos; 3. Os F18 Super Hornet americanos aparecem em terceiro com 65 pontos; 4. Os russos ainda não receberam cotação. Atenção : a pontuação é deste consultor.

Primeira quinzena com Dilma

Vamos lá. Como Dilma se comportou em sua primeira quinzena ? Bem. Melhor do que previsões apontavam. Discrição, expressão contida, exigência de harmonia na equipe, enquadramento geral. Melhor na frente da economia do que na vanguarda dos Direitos Humanos. Na economia e na administração, apontou para controle de gastos, choque de gestão, racionalização, prioridades no PAC etc. Passou bem no teste. Chamou o general José Elito Siqueira, chefe do Gabinete Institucional e pediu para que explicasse o que quis dizer com a declaração de que "os casos de desaparecidos políticos devem ser tratados como fatos históricos". O general disse que não disse o que disse.

Querelas na frente política

Mas o pito no general não teve correspondência em outras áreas. A ministra Iriny Lopes, da Secretaria de Política para as Mulheres, se disse favorável ao aborto. Sua fala foi entendida como aceitação do governo em defesa do aborto. Na campanha eleitoral, porém, a então candidata Dilma se manifestou contrariamente ao aborto. Na frente política, reside o maior imbróglio. Dilma ainda não se deu conta de que poderá ser atrapalhada mais adiante, caso não contemple satisfatoriamente os partidos que integram a base com os espaços correspondentes ao seu peso. O PT detém 60% dos cargos. O PMDB, 13%.

Papagaio come milho

Por isso mesmo, o PMDB começa a colar no ditado que expressa sua indignação ante a fome petista : papagaio come milho e periquito leva a fama.

Briga boa no PSB

O PSB vive também a sua querela. As alas dos governadores Eduardo Campos, de PE, e Cid Gomes, do CE, lutam para impor seus nomes e fixar territórios no governo Dilma. Campos quer emplacar sua mãe, a deputada Ana Arraes, como líder do PSB. O governador cearense quer outro nome. Campos já havia ganho a parada da indicação do ministro Fernando Bezerra Coelho no Ministério da Integração Nacional. Campos quer dar o troco. E, por falar em Cid, cadê o Ciro Gomes ?

O chá ? Hidrata

Thirsty ? New study says tea hydrates faster than water. Pois é, o chá hidrata mais rápido que a água. Interessante matéria da revista Time.

Mais pérolas do Enem I

- A fé é uma graça através da qual podemos ver o que não vemos.
- Os estuários e os deltas foram os primitivos habitantes da Mesopotâmia.
- O objetivo da Sociedade Anônima é ter muitas fábricas desconhecidas.
- A Previdência Social assegura o direito à enfermidade coletiva.
- O Ateísmo é uma religião anônima.

Garcia em tom maior

Marco Aurélio Garcia, assessor internacional da Presidência, ganha mais espaços e poder no governo Dilma. Está mais desenvolto e, ao que parece, menos receoso de trombar com o Itamaraty. Garcia amplia a equipe. E garante que será o intérprete mais próximo de Dilma em matéria de aconselhamento e posicionamento internacional. O Itamaraty formulará e executará a política externa. E ele fará as pontuações e ênfases sobre agenda política não diplomática, atuando ainda como porta-voz para questões internacionais e preparando densos dossiês para a presidente Dilma.

A vida...

Variações sobre a vida : dois homens olham para fora de dentro das grades - um vê o barro, a lama; outro vê as estrelas no céu !

Só no Brasil I

Anotem aí : um motorista do Senado ganha mais para dirigir um automóvel do que um oficial da Marinha para pilotar uma fragata ! Um ascensorista da Câmara Federal ganha mais para subir e descer com os elevadores da casa, do que um oficial da Força Aérea que pilota um Mirage. Um diretor que é responsável pela garagem do Senado ganha mais que um oficial-general do Exército que comanda um regimento de blindados.

Só no Brasil II

Um diretor sem diretoria do Senado, que porta um título de direção para justificar o salário, ganha o dobro de um professor universitário Federal concursado, com mestrado, doutorado e prestígio internacional. Um assessor de 3º nível de um deputado, com um título de assessoramento para justificar seus ganhos, ganha mais que um cientista-pesquisador da Fundação Instituto Oswaldo Cruz, com muitos anos de formado, e que dedica seu tempo buscando curas e vacinas para salvar vidas.

Silêncio geral

Flávio Ribeiro, presidente da Assembleia (depois foi governador), estava irritado com as galerias, que aplaudiram e vaiavam durante um debate entre o deputado comunista Santa Cruz e o udenista Praxedes Pitanga. De repente, tocou a campainha, pediu silêncio e avisou, grave :

- Se as galerias continuarem a se manifestar, eu evacuo.

Felizmente, as galerias se calaram.

Coelho censurado ?

Afinal, Paulo Coelho foi ou não foi censurado no Irã ? Dúvidas. O Ministério de Relações Exteriores diz que não. Outros dizem que sim. Polêmica. Parece que isso é o que deseja Paulo Coelho, o mais consagrado autor brasileiro no exterior em todos os tempos. Censurá-lo seria uma burrice nesses tempos de globalização.

Morrer, dormir.....dormir ? Talvez sonhar.Shakespeare

A morte...

Variações sobre a morte. Quase todos os dias, sinto ao redor uma morbidez expressiva : fulano está com isso; sicrano, com aquilo. Está desencantada. Elas, as pessoas referidas pelos interlocutores, estão irreconhecíveis. Essa é a sombra da morte. Que, antigamente, morava mais longe. Em cidades distantes. Hoje, ela está ali na esquina. À espreita. Um passinho mais arriscado, pimba. Leva as pessoas !

Estilhaços de bomba !

Vem mais bomba do canhão do Wikileaks. Um antigo banqueiro suíço deu ao site centenas de contas de clientes suspeitos de evasão fiscal ! O banqueiro é Rudolf Elmer, que será julgado na Suíça por romper regras do sigilo bancário. Ricos brasileiros : contenham-se ! Evitem o enfarte ! Entre os 2000 nomes a serem divulgados estão empresários, artistas e cerca de 40 políticos. Os nomes serão publicados !

Filho do joalheiro

Quem deve aparecer por estas plagas é Alberto Torregiani, filho do joalheiro morto por membros do grupo esquerdista do ex-militante Cesare Battisti. Virá dar sua versão dos fatos. Sua história poderá influenciar na decisão de extraditar o ex-terrorista para a Itália.

A fé em Nhá Chica

No meio de tanta aflição, a semente da fé aponta : Nhá Chica, Francisca de Paula de Jesus, ganha processo de canonização. Nhá Chica nasceu em São João del Rei/MG em 1810. Era descendente de escravos, analfabeta. Passou quase a totalidade de sua vida no município de Baependi/MG, onde se dedicou às obras da Igreja e a ajudar aos mais necessitados. Mais uma brasileira que sobe ao altar da admiração.

Brasil mais doente

Volto a insistir na reflexão : o Brasil deste janeiro está mais doente do que o de janeiro de 2010. Dengue. Leptospirose. Tragédias. Mortes anunciadas. Multiplicam-se as manchetes sobre os custos materiais da tragédia. Agora, são R$ 2 bilhões. E o custo espiritual ? Quanto é o custo da dor ?

Mais pérolas do Enem II

- A respiração anaeróbica é a respiração sem ar que não deve passar de três minutos.
- O calor é a quantidade de calorias armazenadas numa unidade de tempo.
- Antes de ser criada a Justiça, todo mundo era injusto.
- Caráter sexual secundário são as modificações morfológicas sofridas por um indivíduo após manter relações sexuais.

PMDB X PT

Os dois partidos decidiram fazer uma trégua na guerra pela disputa de espaços. O PT já tem 60% dos 21 mil cargos na área federal. PMDB tem 12%. A trégua poderá ser interrompida após a eleição de Marco Maia (PT-RS) para a presidência da Câmara. Não é verdade que o PMDB esteja tramando algo contra essa candidatura. O partido quer cumprir integralmente o compromisso assumido de eleger, agora, um petista e, no segundo ciclo da legislatura, abrir vez para um peemedebista, no caso, o próprio líder Henrique Alves. Michel Temer, o vice-presidente, faz interlocução com outros partidos, pondo água na fervura.

Ufa, Sakineh viva

Sakineh, ufa, não será enforcada. A primeira boa notícia do ano em matéria de Direitos Humanos. Deputada do Irã comunica decisão a Dilma. Mas o Irã continua a dizer que está tudo na mesma. País misterioso.

O poder ?

O poder não é apenas afrodisíaco. O poder é um Viagra !

O DEM com Zé

José Agripino (DEM-RN) deverá ser o novo presidente do DEM. Marco Maciel, que seria o candidato de Jorge Bornhausen e Gilberto Kassab, tem menos chances. Perdeu a eleição para o Senado. Ademais, Kassab está saindo do DEM em direção ao PMDB. Por que se envolveria em mais uma querela interna ?

Entupa-se

Francisco Antônio de Maria, Chico Bocão, era presidente da Câmara de Vereadores de Patos. Numa sessão agitada, um assistente deu um aparte lá das galerias. O presidente tocou a campainha :

- Entupa-se. Não aceito apartes de membro de fora.

E o MST, hein ?

MST volta a invadir fazendas. Crônica de invasões anunciadas. Justiça : crônica de lentidão anunciada. E assim caminha o Brasil !

Mortes anunciadas ?

Sérgio Cabral, no ano passado, disse sobre o desastre de Angra : é a crônica de uma morte anunciada. Hoje : continuamos a ler a mesma crônica. O que Cabral escreveu de novo ?

Centrais e a fogueira

Tudo indica que as Centrais Sindicais terão atuação incendiária nos próximos tempos. A temporada do grito começa esta semana com a mobilização pelo salário mínimo de R$ 580,00. O governo já decidiu que o mínimo será de R$ 545,00. As Centrais montarão outras fogueiras mais adiante. E esperam contar com a identidade do futuro presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), que tem origem no sindicalismo. Como Lula, foi torneiro mecânico.

Baby Doc

Baby Doc volta ao Haiti depois de 25 anos. Saiu com uma tonelada de dinheiro roubado. Volta nos braços do povo. Festejado pelos Tonton Macoute, a feroz polícia da velha ditadura do Papa Doc, o paizão de Baby. É assim a Humanidade !

Os pastores de Eike

Eike Batista mandou vir de jatinho dos EUA dois pastores alemães. Os cães viajaram sem escalas. Em primeiríssima classe. Eike comunica-se com eles em alemão. Vítimas da tragédia da região serrana do Rio acenam com um SOS na direção do bilionário ! Querem um adjutório. Falam a língua dos desesperados.

Conselho aos novos dirigentes

Esta coluna dedica sua última nota a pequenos conselhos a políticos, governantes e líderes nacionais. Na última coluna, o espaço foi destinado às lideranças empresariais. Hoje, volta sua atenção aos novos dirigentes:

1. Em matéria de prevenção de tragédias, deixem o discurso de lado e partam para a ação. Organizem, produzam, coordenem planos de prevenção para todas as áreas de risco de seus territórios.

2. Não deixem para amanhã o que podem fazer agora. E evitem repetir o velho diagnóstico de que as tragédias podem ocorrer se providências não foram tomadas.

3. Assumam o compromisso público nessa matéria. E façam desse compromisso uma crença a ser diariamente lembrada e relembrada.

____________

Porandubas Políticas
Gaudêncio Torquato

Gaudêncio Torquato (gt@gtmarketing.com.br) é jornalista, consultor de marketing institucional e político, consultor de comunicação organizacional, doutor, livre-docente e professor titular da Universidade de São Paulo e diretor-presidente da GT Marketing e Comunicação.