Segunda-feira, 22 de julho de 2019

ISSN 1983-392X

Resultado do sorteio da obra "Tribunais de Contas – aspectos polêmicos"

Concorra a um dos dois exemplares da obra "Tribunais de Contas – aspectos polêmicos" (Fórum – 252p.), coordenada pelo desembargador Ney José de Freitas. Participe !

quarta-feira, 28 de abril de 2010


Sorteio

A obra "Tribunais de Contas – aspectos polêmicos" (Fórum – 252p.), coordenada pelo desembargador Ney José de Freitas, é um homenagem ao conselheiro João Féder.

"A natureza o gerou. As circunstâncias e ele próprio o fizeram.

Nascido em Campo Largo, hoje, aqui pertinho de Curitiba, ficou órfão de pai muito cedo. Veio para Curitiba continuar os estudos e trabalhar. Tinha mãe, duas irmãs e um irmão que precisava ajudar.

O primeiro emprego o que poderia ser? Mas foi indo e estudando. Afinal entrou na Faculdade de Direito e na imprensa.

Seco de carne, mas forte de ossatura, foi sobrevivendo enquanto moldava sua personalidade e ajeitava-se no meio. Este lhe foi proporcionando algumas oportunidades que soube aproveitar.

Terminou o curso de Direito e foi advogar, sem deixar a imprensa que lhe era o ganho certo. Era bom de júri, teve boas vitórias, mas a imprensa o absorveu, mais somo secretário e diretor de jornal do que como escriba, pela sua capacidade de coordenação.

Agora já era de calva precoce que lhe alargava a testa e alongava o nariz, sem exagero, de um semita que anda em seu sangue com mistura de alemão e italiano. E casado com muita paixão.

Adquiriu uma capacidade imensa de fazer amigos e conserválos. Um autocontrole excepcional. A esses atributos com que se foi formando, juntaram-se a capacidade de organização e o amor aos livros.

Foi nomeado Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado e aí era considerado pelos seus pares, em razão de seu trabalho e de sua conduta. A produção da análise de contas que fazia e a rigidez dos votos que pronunciava, com elegância, eram sua marca.

Motivado certamente pelas suas atribuições de Conselheiro de um órgão de controle das finanças públicas, passou a escrever sobre finanças públicas e teoria do Estado.

Os artigos doutrinários que se seguem são de amigos de João Féder, que outro amigo, o Desembargador Ney José de Freitas, reuniu." J. Ribamar G. Ferrelra, advogado e professor universitário.

Sobre o coordenador :

Ney José de Freitas é mestre e doutor em Direito. Professor da PUC/PR. Desembargador presidente do TRT da 9ª região.

Sobre o homenageado :

João Féder, conselheiro do Tribunal de Contas do Paraná; professor de Legislação de Comunicação Social, da Universidade Federal do Paraná; presidente do Instituto Ruy Barbosa; presidente da Academia Paranaense de Letras Jurídicas; presidente do Tribunal de Contas do Paraná.

_______________

 Ganhadores :

Juliana Pelluchi Pinheiro, do Grupo Pão de Açúcar, de São Paulo/SP; e

Marco Aurélio Cavalcante Pavã, de Camaçari/BA








____________

Adquira já o seu :












__________________

patrocínio

VIVO

últimas quentes