Sábado, 24 de agosto de 2019

ISSN 1983-392X

Curso ajuda advogados a gerir seus negócios

Com a duração de um ano

sexta-feira, 18 de março de 2005

Curso ajuda advogados a gerir seus negócios

Com a duração de um ano, o curso de especialização em administração legal, que inclui matérias sobre tecnologia de gestão para escritórios, subsidia advogados na tomada de decisão em todas as áreas do escritório.

O curso de ‘Gestão de Serviços Jurídicos’, da Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas – EDESP/FGV -, que terá início em 21/3, inclui em seu programa matérias sobre tecnologia da informação para bancas de direito, que serão ministradas pelo professor Rubens Manino, presidente e fundador da BCS Informática e Associados, a mais antiga softwarehouse brasileira de soluções para advocacias.

De acordo com Manino, que é graduado em engenharia pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo e pós-graduado em administração de empresas pela Fundação Getúlio Vargas, a tecnologia é essencial na formação dos administradores das bancas. “Hoje em dia, a necessidade de informatização dos processos administrativos e de produção dos escritórios é uma realidade, que precisa ser prevista pelos gestores”, afirma.

Neste sentido, a FGV incluiu os módulos ‘Infra-estrutura de rede e comunicação para jurídicos, aplicativos e sistemas’ e ‘Solução de informática para escritório de pequeno, médio e grande porte’, ambos ministrados por Manino. “Além de apresentar as soluções para gestão existentes, vamos trazer exemplos reais, a fim de prover conhecimentos sobre a estrutura básica de TI de forma a subsidiar advogados-administradores do escritório e permitir a tomada de decisão fundamentada”, explica.

Inteiramente voltado para administração legal, o curso é anual e faz parte da GVlaw, que organiza os cursos de especialização da EDESP/FGV. Com duração de 120 horas/aula, seu programa inclui, entre outros temas, a gestão recursos humanos, marketing, planejamento estratégico, gestão financeira e planos de carreira. Anna Luiza Boranga, coordenadora do curso, explica que o objetivo é ensinar o advogado a administrar de forma mais profissional. “Esta será a sexta turma a fazer o curso. E, este ano, são cerca de 30 alunos matriculados, oriundos de vários estados e, na sua maioria são sócios de escritório ou profissionais de departamentos jurídicos de empresas”, salienta.

Ainda segundo a coordenadora, este é o único curso voltado para a formação de administradores da área jurídica, na América do Sul. Nasceu de uma demanda do mercado, que carecia de mais profissionalização dos escritórios. “E, deu tão certo que impulsionou a formação de uma entidade, o CEAE - Centro de Estudo de Administração para Escritório de Advocacia”, explica.

__________

_____________

patrocínio

Bradesco VIVO
Advertisement

últimas quentes