Quinta-feira, 19 de setembro de 2019

ISSN 1983-392X

TJ/MG inaugura novas instalações do fórum de Bicas

Na tarde do dia 22/10, foram inauguradas as novas instalações do fórum de Bicas, cidade localizada na Zona da Mata, a 44 quilômetros de Juiz de Fora. A solenidade de instalação foi presidida pelo desembargador Alberto Aluízio Pacheco de Andrade, que representou na ocasião o presidente do TJ/MG, Cláudio Costa.

segunda-feira, 25 de outubro de 2010


Solenidade

TJ/MG inaugura novas instalações do fórum de Bicas

Na tarde do dia 22/10, foram inauguradas as novas instalações do fórum de Bicas, cidade localizada na Zona da Mata, a 44 quilômetros de Juiz de Fora.

A solenidade de instalação foi presidida pelo desembargador Alberto Aluízio Pacheco de Andrade, que representou na ocasião o presidente do TJ/MG, Cláudio Costa.

No início da cerimônia, descerraram a placa de inauguração o desembargador Luiz Audebert Delage Filho, cujo pai nasceu em Bicas, e a juíza da comarca, Maria Cristina de Souza Trulio. O desembargador Audebert Delage representou no evento a corregedoria-geral de Justiça e a Amagis, órgãos dos quais é vice-presidente.

Com uma área construída de 1.000 metros quadrados, o novo prédio já está em conformidade com as recomendações da Resolução 114 do CNJ, que definiu as áreas e estruturas mínimas necessárias para o bom funcionamento dos fóruns. O prédio antigo da comarca contava com apenas 300 metros quadrados de construção e tinha vários problemas de infraestrutura, como vazamentos e excesso de umidade.

O novo prédio tem capacidade para ampliação, contendo área para a instalação de mais uma vara, o que é o maior objetivo da juíza Maria Cristina de Souza Trulio. Segundo a magistrada, Bicas possui um acervo elevado de processos – mais de 4.000. Além disso, o juizado especial também está congestionado, com mais de 1.000 processos em andamento. A comarca atende também às cidades de Guarará, Maripá de Minas e Pequeri.

Em seu pronunciamento, a juíza agradeceu a "todos aqueles que, de alguma forma, colaboraram para dar ao povo da comarca de Bicas um fórum com instalações adequadas e que respeitasse os servidores e, principalmente, autor e réu, personagens principais na história da Justiça, que, com o peso do processo judicial em seus ombros, devem receber do Estado elementos suficientes para garantia da dignidade da pessoa humana".

Ela agradeceu em especial ao desembargador Orlando Adão Carvalho, que autorizou a obra em sua gestão como presidente, aos presidentes Sérgio Resende e Cláudio Costa, que possibilitaram a concretização da construção e ao desembargador Alberto Aluízio Pacheco de Andrade, pela dedicação à causa. Agradeceu ainda o empenho dos políticos locais e dos servidores do fórum. Recebeu agradecimentos também o engenheiro civil Miguel Fernando Schettini Alhadas, que pertence ao quadro da Diretoria Executiva de Engenharia e Gestão Predial do TJ, natural de Bicas, que concebeu e acompanhou o projeto.

Por sua vez, o prefeito municipal de Bicas, Honório de Oliveira, elogiou a sensibilidade da juíza Maria Cristina pela dedicação com que lutou para oferecer condições apropriadas de acolhimento dos servidores e jurisdicionados.

O desembargador Alberto Aluízio Pacheco de Andrade parabenizou a "todos que trabalharam na edificação dessa grande obra". Segundo o magistrado, "a CF/88 (clique aqui) é chamada cidadã porque deu dignidade a todos indistintamente". Da mesma forma, "Bicas hoje inaugura este prédio majestoso para que o Poder Judiciário possa atender com dignidade os pleitos de seus cidadãos", afirmou.

________________
_________

Fonte : TJ/MG

_________
________________

patrocínio

Bradesco VIVO

últimas quentes