Domingo, 22 de setembro de 2019

ISSN 1983-392X

AL - Música instrumental e exposição de fotos abrem I Mostra de Cultura da Esmal

Arte para ver, ouvir e viajar. Foi o que proporcionou a Escola Superior da Magistratura do Estado de Alagoas (Esmal) aos que conferiram a abertura da I Mostra de Cultura da Esmal. O evento teve início na noite no dia 4/11 com o show da dupla de violonistas Luiz Bueno e Fernando Melo, o Duofel, antecedido pela apresentação do trio de chorinho alagoano Cai Dentro e da exposição fotográfica "Revelando Brasília", de Pedro Camargo.

segunda-feira, 8 de novembro de 2010


Arte

AL - Música instrumental e exposição de fotos abrem I Mostra de Cultura da Esmal

Arte para ver, ouvir e viajar. Foi o que proporcionou a Escola Superior da Magistratura do Estado de Alagoas (Esmal) aos que conferiram a abertura da I Mostra de Cultura da Esmal. O evento teve início na noite no dia 4/11 com o show da dupla de violonistas Luiz Bueno e Fernando Melo, o Duofel, antecedido pela apresentação do trio de chorinho alagoano Cai Dentro e da exposição fotográfica "Revelando Brasília", de Pedro Camargo.

Em sua apresentação, Duofel levou para o público o repertório do álbum Plays The Beatles, com releituras de músicas gravadas pelo quarteto de Liverpool, como os sucessos "Across the universe", "Here comes the Sun", "The fool on the hill", "A Day in the life" e "Here there and everywhere". As projeções multimídias de Rodrigo Gontijo e o desenho de luz de Rafael Leão completaram o clima da viagem musical.

Durante o espetáculo, os músicos destacaram a importância do evento para a difusão e valorização da cultura. "Tocamos juntos há 32 anos e pela primeira vez eu vejo Justiça e Arte unidas. É muito bonito saber que o Poder Judiciário de Alagoas promove uma mostra cultural como essa, oferecendo gratuitamente música para a população e música instrumental", destacou Luiz Bueno.

A I Mostra de Cultura da Esmal é uma ação que tem como objetivo disseminar o gosto pela cultura. A iniciativa é uma continuação do trabalho de promoção artística desenvolvido pela presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas e diretora-geral da Esmal, desembargadora Elisabeth Carvalho Nascimento, por meio do Programa Esmal Cultural.

"Revelando Brasília"

A primeira noite do evento começou com a exposição fotográfica "Revelando Brasília", uma homenagem do jovem brasiliense Pedro Camargo aos 50 anos da capital do país.

A Mostra de Cultura marcou a estreia do artista, que sob uma ótica diferente revelou uma Brasília que vai além da rigidez dos monumentos arquitetônicos. "Brasília é uma cidade cheia de concreto e famosa pela beleza de sua arquitetura. Mas o que as pessoas às vezes não percebem é que atrás de todo esse concreto há um lado humano. E foi isso que tentei mostrar em minhas fotos", declarou o fotógrafo.

Pedro conta que sua paixão pela fotografia começou aos 15 anos, quando ganhou de seu avô uma antiga máquina fotográfica, já herdada de seu bisavô. "Esse foi o contato que me fez despertar para fotografia. Fiquei curioso, queria saber como a luz entrava naquela lente e como isso produzia a imagem. E, a partir, daí não parei mais", revelou, destacando a satisfação em ter sido convidado para a I Mostra Cultural da Esmal.

"Esse convite foi, literalmente, um presente para mim que estou começando. O evento é uma oportunidade para os artistas que desejam expor sua arte, além de ser uma excelente oportunidade para a população de contato com a cultura", ressaltou o fotógrafo.

Programação

Na sexta-feira, 5/11, Dia Nacional da Cultura, a convidada foi a cantora e compositora carioca Sueli Costa. Com um repertório marcante da música popular brasileira, álbuns produzidos por João Bosco e Gonzaguinha, Sueli é considerada uma das grandes damas da MPB. Suas composições foram imortalizadas nas vozes de cantoras como Elis Regina ("O Primeiro Jornal"), Maria Betânia ("Coração Ateu"), Nana Caymmi (“Nem uma Lágrima”) e Simone ("Alma" e "Jura Secreta").

No palco do auditório principal da Esmal, Sueli Costa se apresentará ao lado da cantora carioca Fernanda Cunha e músicos. O show começa às 20h.

O encerramento da programação aconteceu no sábado, 6/11, com a cantora potiguar Khrystal, que se apresenta às 20h. O show terá abertura da alagoana Roberta Aureliano e banda.

No repertório da cantora do Rio Grande do Norte, haverá composições do seu disco Coisas de Preto, com canções que carregam a sonoridade nordestina, o suingue do Coco de Roda e outras expressões da cultura popular do Nordeste. Vencedora do Prêmio Hangar como melhor intérprete do RN, Khrystal absorve no seu canto as influências vocais de Jackson do Pandeiro, Marinês, Xangai e Lenine.

________________
_________

Fonte : TJ/AL

_________
________________

patrocínio

Bradesco VIVO

últimas quentes