Segunda-feira, 23 de setembro de 2019

ISSN 1983-392X

Presidente do TJ/SP inaugura 2ª vara em Rancharia

A comarca de Rancharia, distante 520 km de São Paulo, em clima de festa, recebeu, em 19/11, a 2ª vara e a presença do presidente do TJ/SP, desembargador Antonio Viana Santos. A solenidade, muitíssimo concorrida, lotou o salão do júri do fórum.

segunda-feira, 22 de novembro de 2010


Solenidade

Presidente do TJ/SP inaugura 2ª vara em Rancharia

A comarca de Rancharia, distante 520 km de São Paulo, em clima de festa, recebeu, em 19/11, a 2ª vara e a presença do presidente do TJ/SP, desembargador Antonio Viana Santos. A solenidade, muitíssimo concorrida, lotou o salão do júri do fórum.

O primeiro a fazer uso da palavra foi o juiz da 2ª vara, Rafael Vieira Patara, que agradeceu especialmente a duas pessoas : o juiz de Presidente Prudente Antonio Roberto Sylla, pelo apoio recebido desde que está em Rancharia, e o presidente Viana Santos. "O senhor não imagina como é importante para Rancharia e região a sua presença nesta cerimônia", disse o magistrado.

Pela Ordem dos Advogados do Brasil falou o presidente da subsecção de Rancharia, Antonio Aparecido Pascotto que, além de parabenizar os magistrados e o integrante do MP que "fincaram residência na comarca", contou a trajetória de luta pela instalação da vara (desde 1998) e aproveitou-se da oportunidade festiva para pedir ao presidente do TJ/SP o envio de mais funcionários para o Judiciário de Rancharia. "O senhor doutor Viana, por ter vindo e visto, será, com certeza, o grande advogado de Rancharia e dos rancharienses". O advogado também enalteceu o Judiciário e o Ministério Público. "Rancharia, hoje, conta com dois juízes e um promotor residindo nesta cidade, marco histórico a ser registrado, pela Justiça e pela cidadania".

O promotor de Justiça Rodrigo Nunes Laureano, que foi incumbido pelo procurador-geral de Justiça de representá-lo na cerimônia, e que representava também o presidente da Associação Paulista do Ministério Público, destacou que a data "era um importante passo para o Ministério Público atingir os seus objetivos constitucionais".

Em nome da municipalidade, o prefeito de Rancharia Alberto César Centeio de Araújo falou da importância de o município não perder espaço político, elogiou a atuação do Judiciário e ofereceu ao juiz Vieira Patara uma réplica da placa de inauguração da 2ª vara.

O presidente Viana Santos, emocionado, agradeceu a presença dos magistrados da comarca e da região e mencionou especialmente o desembargador Luiz Antonio Rodrigues da Silva, colega de longa data.

Viana Santos sempre diz – e o disse novamente – que costuma olhar o relógio sempre para o horário de chegada e não de partida. "Mas estou hoje sob a chibata do horário", disse explicando aos presentes que a sua permanência em Rancharia seria menos longa que gostaria. Viana Santos usou o seu tempo para falar da emoção de estar na cidade, das dificuldades para o cumprimento de sua meta número um e dos parcos recursos do Judiciário paulista. Respondeu, também, a solicitação por mais funcionários explicando que permanece na assembleia projeto para a criação de cargos de servidores.

"Sem o auxílio dos deputados e a pressão dos senhores permanecerá engavetado. Já chegaram a tirá-lo de pauta porque o Executivo sabe que o Judiciário não tem verba e que, com os cargos criados, haveria necessidade de suplementação. Não culpem o Judiciário. Culpar o Judiciário é falta de esclarecimento. A culpa não é do Poder Judiciário e sim dos outros dois poderes. Projetos são encaminhados, mas alongam-se no Legislativo".

Além dos já mencionados, também estiveram presentes à cerimônia o secretário-adjunto de Estado da Justiça e da Defesa da Cidadania, Gustavo Gonçalves Ungaro, representado o governador ; o presidente da Câmara de Rancharia, José Carlos Apparício; o deputado estadual Mauro Bragato ; o desembargador Luiz Antonio Rodrigues da Silva ; o juiz assessor da presidência do TJ/SP, Sérgio Rui da Fonseca ; o juiz diretor do Fórum da comarca de Presidente Prudente, Antonio Roberto Sylla ; o juiz responsável pela comarca de Regente Feijó, Deyvison Hebert dos Reis ; a juíza responsável pelo foro Distrital de Iepê, Luciana Menezes Scorza de Paula Barbosa ; o juiz titular da 1ª vara da comarca de Rancharia, Rafael Pinheiro Guarisco ; o procurador-chefe da Procuradoria Regional Federal da 3ª região – Presidente Prudente, Gustavo Aurélio Faustino ; o procurador-chefe do Estado da Procuradoria Regional de Presidente Prudente, Sérgio Barhun ; o conselheiro da OAB/SP, Sidnei Alzídio Pinto, representando o presidente ; o comandante do 18º BPMI, tenente coronel Geraldo Fernandes Nespoli Berardinelli ; o comandante do CPI-8, coronel PM Homero de Almeida Sobrinho ; o PM Luis Leme Ferreira, representando o comandante do Corpo de Bombeiros do Município de Rancharia ; o comandante da Guarda Municipal de Rancharia, José Roberto Sena ; o presidente do Conselho Comunitário de Segurança (Conseg), Evilásio Batista de Oliveira, os vereadores Glaucia Maria Centeio de Araújo, Natalino da Silva, Osvaldo Flausino Junior, Pedro de Lima Pinto e Waldir Pereira, entre outras autoridades civis e militares.

Depois do descerramento da placa, os convidados apreciaram apresentações musicais das crianças do Lar Francisco Franco, entidade que em outubro último completou 50 anos promovendo ações sociais com atendimento a crianças de ambos os sexos (clique aqui).

_________________

patrocínio

Bradesco VIVO

últimas quentes