Domingo, 20 de outubro de 2019

ISSN 1983-392X

Novos desembargadores do TJ/SC, emocionados, agradecem a "responsáveis" pelo sucesso

O TJ/SC, desde ontem, 7/12, passou a contar com quatro novos desembargadores. Foram empossados, em sessão solene do pleno, os desembargadores Soraya Nunes Lins, Sônia Maria Schmitz, Paulo Roberto Camargo Costa e Henry Goy Petry Júnior.

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010


Posse

Novos desembargadores do TJ/SC, emocionados, agradecem a "responsáveis" pelo sucesso

O TJ/SC, desde ontem, 7/12, passou a contar com quatro novos desembargadores. Foram empossados, em sessão solene do pleno, os desembargadores Soraya Nunes Lins, Sônia Maria Schmitz, Paulo Roberto Camargo Costa e Henry Goy Petry Júnior.

Um auditório tomado por familiares, amigos, magistrados e servidores acompanhou a cerimônia, sob a presidência do desembargador José Trindade dos Santos. Ele, na companhia dos desembargadores Gaspar Rubick (1º vice-presidente) e Solon d'Eça Neves (corregedor-geral), foi responsável pela introdução dos empossandos em plenário.

Após a leitura do termo de posse e a distinção, individual, de medalha e diploma de honra ao mérito judiciário, os quatro novos integrantes do Pleno ouviram inicialmente o discurso de boas-vindas do presidente do TJ. "Nosso tribunal os recebe de braços abertos, na certeza de que muito enriquecerão a dialética desta Corte com suas experiências individuais", destacou o desembargador Trindade dos Santos.

Deste momento em diante, a palavra e a emoção ficaram por conta dos discursos dos novos desembargadores. Cada um, ao seu estilo, proferiu palavras de agradecimento aos que, de alguma forma, contribuíram para o momento vivido.

"Ao longo de quase 26 anos de magistratura, aprendi um pouco com todos aqueles com quem convivi nesse período", afirmou a desembargadora Soraya. Ela citou trabalho, dedicação e humildade como os atributos de que lançou mão para vencer os desafios que enfrentou na carreira até chegar ao TJ.

Bastante emocionado, o desembargador Paulo Roberto Camargo Costa lembrou-se de seu pai, militar, que lhe indicou honestidade de conduta e de propósitos como a chave mestra do sucesso.

A desembargadora Sônia, por sua vez, fez um extenso rol de agradecimentos a pessoas importantes em sua carreira, com quem fez questão de dividir o momento de "rara" importância de sua vida.

Por fim, o desembargador Henry Goy lembrou-se de um bilhete que recebeu de sua sogra, quando assumiu como juiz em 12 de agosto de 1988, com os seguintes dizeres : "Seja forte como o aço e sensível como a alma de uma criança". Ele completou : "Acho que cumpri a sentença". O Trio Vieira foi o responsável pela trilha sonora da concorrida e emocionante solenidade.

  • Confira abaixo as fotos da solenidade.

________________

 

________________
_________

Fonte : TJ/SC

_________
________________

patrocínio

Bradesco Advertisement VIVO

últimas quentes