Sexta-feira, 18 de outubro de 2019

ISSN 1983-392X

TJ/AL - Alunos de escolas públicas e privadas recebem prêmios do IV Concurso de Redação da Ceja

A Corregedoria Geral da Justiça e a Comissão Judiciária de Adoção premiaram as oito melhores redações do Concurso sobre o tema “Adoção - Um novo começo”. A solenidade de entrega dos prêmios aos alunos e dos certificados aos colégios participantes aconteceu na tarde da última sexta-feira, 10/12, no auditório da Corregedoria e foi bastante prestigiada por magistrados, diretores de escolas, alunos e familiares.

terça-feira, 14 de dezembro de 2010


Concurso

Alunos de escolas públicas e privadas recebem prêmios do IV Concurso de Redação da Ceja

A Corregedoria Geral da Justiça e a Comissão Judiciária de Adoção premiaram as oito melhores redações do Concurso sobre o tema "Adoção - Um novo começo". A solenidade de entrega dos prêmios aos alunos e dos certificados aos colégios participantes aconteceu na tarde da última sexta-feira, 10/12, no auditório da Corregedoria e foi bastante prestigiada por magistrados, diretores de escolas, alunos e familiares.

Esta é a quarta versão do concurso que tem como objetivo estimular o pensamento, a pesquisa, a criatividade e o raciocínio dos alunos sobre os direitos e a necessidade de uma criança e um adolescente pertencerem a uma família. Dele participaram alunos do 6º ao 9º ano das escolas da rede metropolitana pública e privada do Estado.

O desembargador Leôncio Teixeira Câmara presidiu a mesa dos trabalhos, representando o presidente do TJ/PB, desembargador Luiz Silvio Ramalho Júnior. Fizeram parte, ainda, o juiz Fabiano Moura de Moura, da 1ª vara da Infância ; a juíza-corregedora, Antonieta Lúcia Maroja ; a juíza de Santa Rita, Lília Cananéa ; além do secretário-geral do TJ/PB, Robson Cananéa.

Antes da entrega dos prêmios, o Grupo de Percussão "Mussum Mago", formado por crianças e adolescentes do Programa de Erradicação ao Trabalho Infantil (PETI), fez uma apresentação artística especial, sob o comando do professor Leandro Gonzaga, entoando cânticos de renomados cantores paraibanos como Vital Farias e Dida Fialho.

A primeira aluna a receber o prêmio foi Amanda Vitória Soares da Silva, do 6º ano da Escola Municipal "Professor João Gadelha de O. Filho". Ela estava entre as quatro que obtiveram o 2º lugar no concurso ; seguido, veio Ana Beatriz Gomes Silva, aluna do Colégio Motiva Ambiental e que estava entre as quatro vencedoras do 1º lugar.

Em sequência vieram : Sergiana Maiara da Silva Souza, 2º lugar (Escola Emef Santos Dumont) ; Rainan Osvaldo Carvalho Vieira, 1º lugar, (Colégio Motiva Ambiental) ; Natália Santos de Almeida, 2º lugar (Escola Cenecista Felipe Tiago Gomes) ; Brenda Helen de Albuquerque Araújo, 1º lugar (Geo Sul) ; Janaína Bernardo da Silva, 2º lugar (Escola Estadual Aníbal Limeira, em Santa Rita) ; João Gabriel Silva Santos, 1º lugar, (Escola Cenecista João Regis Amorim).

A aluna Marília Félix Ferreira fez uma homenagem especial à professora e diretora da Escola Aníbal Limeira, Dinalva Alcântara, em nome de todos os demais professores e diretores de escolas ali presentes. Em seguida, o momento mais esperado da solenidade pelos vencedores dos concursos anteriores, que foi o lançamento da Coletânea das Redações e CD com a música da Campanha 2010. Os autores presentes fizeram questão de autografar suas obras.

O desembargador Leôncio Teixeira Câmara disse que o Concurso de Redação vem, a cada dia, atingindo seu objetivo principal que é despertar o senso e a responsabilidade de um instituto tão importante e, às vezes, incompreendido, que é a adoção.

O juiz Fabiano Moura de Moura enalteceu a importância do evento, anunciando os números de habilitados à adoção no Estado. "No último mês, batemos recorde de pessoas cadastradas, que chegou a 22. E isso, com certeza, é fruto dessa campanha. Todas as vezes que despertamos para um tema tão importante como a adoção, vemos os resultados acontecerem", finalizou.

Já juíza corregedora Antonieta Maroja considerou positiva a iniciativa. "Tivemos, aqui, uma exposição de redações que abordaram o tema com profundidade, o que demonstra que os adolescentes pesquisaram, levaram o tema para discussão em família, na comunidade. Por isso mesmo, os resultados alcançados foram o melhor possível", disse.

Para ela, o lançamento da coletânea foi um glorioso coroamento e esta trazendo para o público, alunos e familiares, as redações premiadas nos quatro concursos de redação sobre o tema "Adoção – Um novo começo!". "Estamos vendo que, cada vez mais, os adolescentes estão se aprofundando no tema e ajudando a quebrar as barreiras da adoção", ressaltou.

________________
_________

Fonte : TJ/BA

_________
________________

patrocínio

Bradesco Advertisement VIVO

últimas quentes