Quarta-feira, 16 de outubro de 2019

ISSN 1983-392X

Banco Santos - Descontos concedidos por Vânio Aguiar são suspensos

O desembargador Araldo Telles, da Câmara de Falências e Recuperação Judicial do TJ/SP, concedeu efeito suspensivo à homologação de acordos firmados por Vânio Aguiar, administrador da massa falida do Banco Santos, que condeciam descontos a devedores.

quinta-feira, 11 de agosto de 2011


Acordos

Banco Santos - Descontos concedidos por Vânio Aguiar são suspensos

O desembargador Araldo Telles, da Câmara de Falências e Recuperação Judicial do TJ/SP, concedeu efeito suspensivo à homologação de acordos firmados por Vânio Aguiar, administrador da massa falida do Banco Santos, que condeciam descontos a devedores.

A causa vem sendo combatida por um grupo de credores liderados pela Real Grandeza, defendidos pelo escritório Lobo & Ibeas Advogados. Os credores e o próprio ex-controlador do Banco Santos, defendido pela Winther Rebello Advogados Associados, sustentam que as empresas beneficiadas com os descontos podem arcar com os pagamentos devidos. Para eles, esses acordos prejudicam fortemente a captação dos recursos que devem saldar as dívidas do Banco Santos.

  • Processo : 0831159-16.2009.8.26.0000

Veja abaixo a decisão.

___________

PODER JUDICIÁRIO

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO

Despacho

Agravo de Instrumento Processo nº 0174983-95.2011.8.26.0000

Relator(a): ARALDO TELLES

Órgão Julgador: CÂMARA RESERVADA À FALÊNCIA E RECUPERAÇÃO

Presente o risco de lesão grave com difícil reparação, relevantes os argumentos deduzidos, confiro efeito suspensivo ao recurso. Comunique-se, dispensadas informações. Intimem-se à contrariedade. Colham-se, depois, manifestações do Administrador Judicial e da Procuradoria Geral de Justiça.

São Paulo, 02 de agosto de 2011.

Araldo Telles

Relator

_____________
_______

Leia mais - Amanhecidas

  • 6/6/11 - Banco Santos - Despacho da última sexta-feira do juiz de Direito Régis Rodrigues Bonvincino, da 1ª vara cível de Pinheiros, exonera Vânio Aguiar do cargo de depositário fiel da mansão do ex-banqueiro Edemar Cid Ferreira - clique aqui.

  • 2/6/11 - Banco Santos - O juiz Régis Rodrigues Bonvicino, da 1ª vara Cível de Pinheiros, profere despacho em que se recusa a estender o prazo para que a família Cid Ferreira retire os bens móveis da mansão - clique aqui.

  • 12/5/11 - Banco Santos - Novo despacho do magistrado Régis Rodrigues Bonvincino, da 1ª vara Cível de Pinheiros, envolvendo Maria Costa Cid Ferreira, esposa do ex-banqueiro - clique aqui.

  • 26/4/11 - Banco Santos - Mais um lance pitoresco no caso do Banco Santos : o despacho que autorizava Maria Costa Cid Ferreira, esposa do ex-banqueiro, a retirar da mansão bens pessoais, tinha como limite o dia de hoje - clique aqui.

_______

Leia mais - Notícias

  • 12/4/11 - Juiz marca audiência de conciliação entre Vânio Aguiar e perito que avaliou bens da mansão de Edemar Cid Ferreira - clique aqui.

  • 29/3/11 - Novo despacho contesta atitudes de Vanio Aguiar quanto ao trabalho dos peritos do acervo de Edemar Cid Ferreira - clique aqui.

  • 24/3/11 - Despacho de juiz sobre administração dos bens de Edemar Cid Ferreira questiona ações de depositário fiel - clique aqui.

  • 14/3/11 - Juiz profere despacho esclarecendo destituição de Vanio Aguiar do posto de depositário fiel da mansão de Edemar Cid Ferreira - clique aqui.

  • 3/3/11 - Vanio Aguiar volta à condição de depositário fiel da mansão do ex-banqueiro Edemar Cid Ferreira - clique aqui.

_____________

patrocínio

Bradesco Advertisement VIVO

últimas quentes