Sexta-feira, 6 de dezembro de 2019

ISSN 1983-392X

A Invenção do Futuro

Um debate sobre a pós-modernidade e a hipermodernidade

segunda-feira, 29 de agosto de 2005

 

Sorteio de Obra

 

Migalhas tem o prazer de anunciar o sorteio de um exemplar do livro "A Invenção do Futuro" (150p.), organizado por Jorge Forbes, Miguel Reale Júnior e Tercio Sampaio Ferraz Junior, gentilmente oferecido pela editora Manole.

Como lidar com o novo laço social da globalização?

Se antes nos ensinavam a nos preparar para o futuro, hoje, frente a tantas possibilidades e igual peso, o futuro tem que ser inventado. O futuro passou a ser uma invenção do presente.

A Invenção do Futuro: um debate sobre a pós-modernidade e a hipermodernidade é resultado de dois encontros entre psicanalistas, juristas, filósofos e jornalistas promovidos pelo psicanalista Jorge Forbes, pelos juristas Miguel Reale Júnior e Tercio Sampaio Ferraz Junior e pelo filósofo Gilles Lipovetsky, que se reuniram para discutir como lidar com o novo laço social da globalização em suas múltiplas expressões, com um novo olhar. O livro é um convite a que mais pessoas se empenhem para que esses novos tempos pareçam menos apavorantes e ansiogênicos, para que possamos explorar sua vertente da invenção criativa de um novo laço social, um novo amor além da hierarquia paterna estabelecida na era da modernidade.

Entre os tem as abordados, destacam-se a hipermodernidade e as possibilidades virtuais da realidade; o individualismo e sua relação com uma responsabilidade atual, intersubjetiva, porém singular; o consumo e as mídias, articulando as diferenças; a quebra dos imperativos nos costumes, nas roupas e no uso do luxo; e as soluções que se apresentam para a perda da orientação parterna na crise atual das identidades. Mostra que temos a chance de sermos passageiros de uma mudança histórica sem precedentes e que cabe a nós fazer com que essa viagem possa ser vivida com interesse e entusiasmo, apesar dos solavancos comuns a uma mudança fundamental de atmosfera.

O resultado é uma viva e rica discussão das constituições culturais e dos nossos limites, por uma renovada sensibilidade para o século XXI.

___________

Ganhador

 

Rodolfo Lira Barreto, de Recife/PE

 

 

 

 

patrocínio

Bradesco VIVO

últimas quentes