Segunda-feira, 23 de setembro de 2019

ISSN 1983-392X

Conselho Federal

OAB aprova moção de solidariedade a Márcio Thomaz Bastos

O causídico vem sendo alvo de críticas em razão de defender juridicamente Carlinhos Cachoeira.

terça-feira, 12 de junho de 2012

O Conselho Federal da OAB aprovou moção de solidariedade ao advogado e membro honorário vitalício da Ordem, o ex-ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos. O causídico vem sendo alvo de críticas em razão de defender juridicamente Carlinhos Cachoeira.

O presidente nacional da Ordem, Ophir Cavalcante, classificou o apoio, aprovado por unanimidade, como vigorosa manifestação da entidade em defesa da garantia do exercício profissional, das prerrogativas da advocacia e, sobretudo, do direito de defesa.

Bastos, que já presidiu o Conselho Federal da OAB entre 1987 e 1989, agradeceu “honrado e comovido” a moção do Pleno da entidade, ressaltando a importância do direito de defesa. Para ele, não fosse o trabalho da defesa, o réu no caso “já estaria seguramente condenado, numa condenação absolutamente nula, midiática”.

"Essa manifestação exalta o direito de defesa, ao mostrar que ele é um valor fundamental e que é preciso fazer a cisão entre a figura do advogado, que é a voz do acusado em relação a seus direitos legais, e o próprio acusado", afirmou o ex-ministro.

informativo de hoje

patrocínio

Bradesco VIVO

últimas quentes