Domingo, 22 de setembro de 2019

ISSN 1983-392X

Dados

Pedidos de falência recuam 1,7% em agosto

No acumulado do ano, o número de pedidos de falência apresentou crescimento de 19,2%.

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

O número de pedidos de falência caiu 1,7% no mês de agosto em comparação a julho de 2012. No acumulado do ano, a quantidade de pedidos de falência apresentou crescimento de 19,2% contra o mesmo período de 2011. Em relação ao mesmo mês do ano passado, os pedidos de falência cresceram 31,1%. Os dados são da Boa Vista Serviços S/A, administradora do SCPC - Serviço Central de Proteção ao Crédito.

As falências decretadas, por sua vez, cresceram 79,2% em agosto depois de duas quedas seguidas, e acumularam crescimento de 8,0% no ano ante o mesmo período de 2011. Sobre agosto de 2011, o número de falências decretadas aumentou 53,2% depois de cair 25% em julho de 2012 contra julho de 2011.

Já os pedidos de recuperação judicial e o deferimento dos pedidos de recuperação também cresceram em agosto e continuaram com forte tendência de alta no acumulado do ano na comparação com o mesmo período de 2011. A tabela 1 resume os dados.

A desaceleração econômica nos últimos meses vem prejudicando o desempenho financeiro das empresas e diminuindo a capacidade de pagamento de suas contas, elevando os pedidos de falência e de recuperação judicial em 2012. A elevação recente da inadimplência também se reflete na capacidade de geração de caixa.

A retomada esperada da economia no segundo semestre, o cenário favorável do mercado de trabalho, a redução das taxas de juros e a manutenção das isenções de impostos em alguns setores da economia devem contribuir para a diminuição dos efeitos dessa redução na atividade.

___________

patrocínio

Bradesco VIVO

últimas quentes