Segunda-feira, 19 de agosto de 2019

ISSN 1983-392X

Balança parcial

Acordos firmados durante Semana Nacional ultrapassam R$ 700 milhões

Semana bateu os números do ano passado, quando foram homologados 168.841 acordos.

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Os acordos firmados durante a “7ª Semana Nacional da Conciliação” do CNJ ultrapassam R$ 700 milhões. É o que revela balanço parcial do evento, que nesta edição aconteceu de 7 a 14/11. Segundo o levantamento, foram 349.544 audiências realizadas no período, que resultaram em um total de 174.790 acordos.

Conforme avaliação do comitê gestor da Conciliação do CNJ, mesmo com a greve nas Justiças Federal e Trabalhista, a semana bateu os números do ano passado, quando foram homologados 168.841 acordos. O que comprova, segundo o comitê, que a capacitação de conciliadores e mediadores pelo CNJ e Ministério da Justiça está fazendo a diferença na resolução de conflitos por meio da prática da conciliação.

Para se ter ideia, no ano passado 48,29% de acordos foram homologados durante as audiências. Este ano, foram firmados 52,01% de acordos em relação às audiências realizadas. A realização da Semana durante o final de semana – uma das novidades desta edição – também rendeu bons frutos: durante estes dois dias foram firmados 9.210 acordos.

Justiça estadual

O ramo da Justiça que mais celebrou conciliações foi a Estadual, com 295.175 audiências realizadas durante a Semana, que resultaram em 155.717 acordos. Montante, este, que alcançou a cifra de R$ 403.426.065,66. Ficam de fora desse balanço os Tribunais de Justiça de Alagoas e Paraíba, que não enviaram os dados até o fechamento do levantamento nesta segunda-feira, 10/12.

O Judiciário Trabalhista, por sua vez, celebrou 46.745 audiências de conciliação, que resultaram em 13.187 conciliações no valor de R$ 232.306.353,83. As conciliações da Justiça do Trabalho geraram, ainda, o recolhimento de R$ 10.210.415,72 em impostos para a Receita Federal e o INSS. O levantamento acerca da VII edição da Semana nesse segmento não leva em consideração os TRTs da 4ª, 9ª, 13ª, 16ª e 23ª regiões, que também não enviaram os resultados ao CNJ.

Quanto à JF, os cinco tribunais do país encaminharam os dados da Semana ao Conselho. Esse ramo do Judiciário realizou 7.624 audiências em todo o Brasil. Dessas, 5.886 terminaram em acordos que somaram R$ 109.135.094,30.

Prêmio Conciliar

No intuito de promover e estimular a conciliação, o CNJ outorga o Prêmio Conciliar é Legal. Os vencedores dessa iniciativa, que se encontra na terceira edição, recebem a homenagem na sessão plenária desta terça-feira, 11, das mãos do ministro Joaquim Barbosa.

Serão nove os agraciados: o TJ/DF (na categoria Tribunal Estadual), o TRF da 3ª região (na categoria TRF) e o TRT da 1ª região (na categoria TRT), além de uma magistrada na categoria juiz individual, uma estudante na categoria acadêmicos de graduação em Direito e uma empresa na categoria sociedade civil. O TJ/GO, o TRF da 2ª região e o TRT da 1ª região também recebem a homenagem em razão dos acordos que efetuaram durante a semana.

leia mais

informativo de hoje

patrocínio

VIVO

últimas quentes