Sexta-feira, 20 de setembro de 2019

ISSN 1983-392X

Sem justificativa

Advogado que não compareceu à audiência tem prisão preventiva decretada

Ele é acusado de duas tentativas de homicídio, por dolo eventual.

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

O juiz Jesseir Coelho de Alcântara, da 1ª vara Criminal de Goiânia/GO, decretou nesta terça-feira, 27, prisão preventiva de um advogado que não compareceu a audiência, sem apresentar justificativa. Ele é acusado de duas tentativas de homicídio, por dolo eventual.

De acordo com o TJ/GO, o advogado conduzia um veículo na madrugada de 7/12/12 com visíveis sinais de embriaguez, momento no qual teria perdido o controle da direção, subido na calçada, batido em três motocicletas, um carro, e duas pessoas.

O advogado teria se recusado a fazer o teste do bafômetro e, levado ao IML, teria sido submetido a exame de corpo de delito, cujo resultado foi positivo para o consumo de álcool.

O acusado foi preso em flagrante e teve sua prisão convertida em preventiva. Porém, ela foi revogada ante ao seu compromisso de comparecer a todos os atos judiciais. Diante da quebra desta promessa, teve sua custódia reativada.

Fonte: TJ/GO

informativo de hoje

patrocínio

Bradesco VIVO

últimas quentes