Sexta-feira, 23 de agosto de 2019

ISSN 1983-392X

Desembargador Sebastião Amorim toma posse como presidente da APAMAGIS

x

terça-feira, 3 de janeiro de 2006

Desembargador Sebastião Amorim toma posse como presidente da APAMAGIS

Na tarde de ontem o desembargador Sebastião Luiz Amorim* tomou posse na presidência da APAMAGIS para o biênio 2006/2007, durante cerimônia no auditório da sede administrativa, com a presença do ex-presidente da Associação e atual presidente do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, desembargador Celso Luiz Limongi.

Cerca de 65 magistrados e magistradas participaram da solenidade, na qual Limongi transferiu o cargo, dizendo que mais uma vez se cumpre um ritual de democracia na APAMAGIS. Os demais membros do Conselho Superior da Magistratura também compareceram na posse. Em suas primeiras palavras como presidente da Associação, o desembargador Amorim disse que é com muita alegria que ele assume a presidência da entidade. Ele também agradeceu ao desembargador Artur Marques pela ética demonstrada por ele durante as eleições da APAMAGIS, na qual ele também concorreu como presidente.

Além disso, Amorim disse que a APAMAGIS e o Tribunal de Justiça caminharão juntos para fazer da Justiça paulista a mais célere e eficiente. “O presidente Celso Limongi e eu trabalharemos unidos para procurar vencer os obstáculos que a magistratura vem enfrentando”.

O novo presidente garantiu que está disposto a lutar com sacrifícios pessoais para que a entidade continue sendo uma Associação modelo. Ele encerrou desejando um feliz 2006 aos colegas.

Também foram empossados os desembargadores Henrique Nelson Calandra e Paulo Dimas de Bellis Mascaretti, respectivamente 1.° e 2.° vice-presidentes, bem como os novos integrantes do Conselho Consultivo, Orientador e Fiscal.

__________

* Sebastião Luiz Amorim

Nasceu em Avaré, em 31/10/1934, e começou os estudos em Botucatu. Bacharelou-se em Direito pela Universidade de São Paulo (São Francisco) em 1959. Foi funcionário concursado do antigo Instituto de Aposentadoria dos Industriários (Iapi) e depois, também por concurso, procurador do Estado de São Paulo.

Juiz de Direito, desempenhou seu trabalho em Palmital, Poá, Osasco, e na Capital, onde atuou como juiz auxiliar e titular da Vara Distrital da Casa Verde e da Vara de Família de Santana. Promovido por merecimento, foi juiz do Segundo Tribunal de Alçada Civil de São Paulo, sendo seu vice-presidente (1997/1999) e presidente (1999/2001). Tomou posse como desembargador no TJ em 1º/6/2001. Lecionou vários anos no Colégio Rio Branco e tem várias obras publicadas.

_____________________

informativo de hoje

patrocínio

Bradesco VIVO
Advertisement

últimas quentes