Sábado, 24 de agosto de 2019

ISSN 1983-392X

MPF investiga fraude no sistema de cotas da Universidade Federal da Bahia

sexta-feira, 20 de janeiro de 2006


MPF investiga fraude no sistema de cotas da
Universidade Federal da Bahia

O sistema de cotas nas universidades públicas foi criado para promover a inclusão de pessoas com menos oportunidades. Negros e pessoas de baixa renda, vindas de escolas públicas, são alguns grupos que deveriam ser beneficiados pelo programa. Mas na Universidade Federal da Bahia (UFBA), o sistema pode estar sendo fraudado e, por isso, o Ministério Público Federal resolveu apurar o caso. A denúncia é de que estudantes de escolas particulares estão apresentando diplomas de conclusão do ensino médio falsos para se beneficiar das vagas reservadas a alunos oriundos do ensino público. O assunto é um dos destaques do Questão de Justiça dessa semana.

O programa Questão de Justiça, produzido pela Assessoria de Comunicação Social da Procuradoria Geral da República, é transmitido, no Distrito Federal, às sextas, às 16h30, com reprises aos sábados e domingos, às 12h05, pela Rádio Justiça, freqüência 91.1 FM. Em João Pessoa, na Paraíba, o programa é veiculado pelas rádios comunitárias Independente, Fala Garotada, A Voz do Povo, Casa Branca, Sintonia e Diversidade. Em Pernambuco, o Questão de Justiça é transmitido pelas rádios universitárias FM 99,9 e AM 820 khz. No Rio Grande do Sul, o programa é retransmitido por vinte e nove rádios comunitárias, representadas pelo Conselho Regional de Radiodifusão Comunitária – Conrad/RS. Em todo o país, o Questão de Justiça pode ser ouvido em tempo real, pela internet, no endereço www.radiojustica.gov.br.

_______________

 

Fonte: Procuradoria Geral da República

__________________


patrocínio

Bradesco VIVO
Advertisement

últimas quentes