Terça-feira, 26 de março de 2019

ISSN 1983-392X

Gregory Peck morre aos 87

Morre ator de "O Sol É para Todos"

sexta-feira, 13 de junho de 2003

Gregory Peck morre aos 87 na Califórnia

O ator Gregory Peck morreu, aos 87 anos, em sua casa, em Los Angeles. Estava ao lado de sua mulher, a francesa Veronique Passani Peck.

Peck foi premiado com o Oscar em 1963, pela interpretação, em "O Sol É para Todos", do advogado Atticus Finch, que enfrenta o racismo de uma pequena cidade do sul dos EUA ao assumir a defesa de um jovem negro acusado de estuprar uma mulher branca.

"Dei tudo o que tinha ali. Meus sentimentos, o que aprendera em 46 anos de vida sobre a vida em família, pais e filhos, e meus sentimentos sobre justiça racial, desigualdade e oportunidades", afirmou Peck, em 1989, ao falar sobre seu papel mais famoso. Na maior parte dos 52 filmes em que atuou, desempenhou o papel de "mocinho".

A principal exceção apareceu em "Meninos do Brasil", em que ele figurava como o médico nazista Joseph Mengele.

O ator apareceu em filmes durante mais de cinco décadas. Sua primeira atuação, em "Quando a Neve Tornar a Cair", é de 1944. O último filme de que participou foi "Moby Dick", para TV, em 98.

A vida de Peck ficou marcada pela associação entre a conduta dos personagens que representou no cinema e seus passos fora das telas, caracterizados pela defesa de causas liberais.

__________________

 

informativo de hoje

patrocínio

Bradesco

últimas quentes