Quarta-feira, 16 de outubro de 2019

ISSN 1983-392X

Conferência Nacional dos Advogados

Plebiscito sobre eleição direta do presidente da OAB é aprovado em conferência

A sugestão foi apresentada pelo presidente da OAB/BA, Luiz Viana Queiroz, que explica em entrevista à TV Migalhas como isso se dará.

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Nesta quarta-feira, 22, durante a Conferência Nacional dos Advogados, foi aprovada proposta para a realização de plebiscito a fim de consultar os 850 mil advogados do Brasil sobre eleição direta do presidente nacional da entidade. A sugestão foi apresentada pelo presidente da OAB/BA, Luiz Viana Queiroz, que defendeu voto federativo, ou seja, eleição direta em cada seccional, ganhando o voto do Estado o candidato vencedor.

Em entrevista exclusiva concedida na redação AASP/Migalhas, dentro da Conferência dos causídicos, Viana explica aos migalheiros como isso se dará.

Em discurso, o presidente baiano defendeu coerência da OAB, que "não pode ter um discurso de vanguarda para fora e um discurso de retrocesso para dentro". "A mesma entidade que propõe uma reforma política para o Brasil não pode deixar de fazer sua própria reforma democrática."

Os conferencistas aprovaram a proposta de Luiz Viana por ampla maioria. Prevaleceu o entendimento de que os presidentes seccionais de cada Estado são eleitos pelo voto direto sem que haja abusos, tendo em vista as regras que restringem a propaganda e o uso do dinheiro nas campanhas políticas na OAB. "Os males da democracia se curam com mais democracia."

_________________

informativo de hoje

patrocínio

Bradesco Advertisement VIVO

últimas quentes