Quarta-feira, 20 de março de 2019

ISSN 1983-392X

Na selva do Calote – Concedendo e recuperando créditos

Sorteio: obra do advogado Antonio Carlos Rocha da Silva

segunda-feira, 7 de julho de 2003

Sorteio de obra

"Na selva do Calote – Concedendo e recuperando créditos", obra de autoria do advogado Antonio Carlos Rocha da Silva, sócio do escritório Felsberg, Pedretti, Mannrich e Aidar - Advogados e Consultores Legais, será sorteada em Migalhas.

Nos dias atuais, conceder crédito ou escapar do calote são tarefas difíceis num país como o Brasil. Recuperar créditos também é uma atividade que implica reforços nem sempre recompensados, face às dificuldades financeiras nas quais o devedor acaba por envolver. Então como agir num mundo economicamente tão instável?

O livro retrata, com precisão e bom humor, algumas situações comuns em que um indivíduo de vida honrada, sério, cumpridor de suas obrigações, de repente, premido pelas circunstâncias, transforma-se naquele personagem tão conhecido nas páginas de jornais – o caloteiro.

A novidade, porém, fica por conta de outro personagem, aquele profissional que concede créditos, obtém resultados positivos e negativos e mostra a sua face humana falível; um ser humano como qualquer outro. Antes de autorizar um empréstimo só com base em aconselhamentos ou informações de terceiros, é preferível demorar um pouco, buscar dados e elementos confiáveis, para formar uma convicção madura – que possibilitará maiores oportunidades de acertos do que de erros.

Com exemplos taxativos, o autor apresenta os diversos tipos de caloteiros, os critérios utilizados para conceder créditos e como recuperá-los, os sinais de insolvência, algumas medidas preventivas e instrumentos legais para protelar pagamentos.

Um livro indispensável a empresários, executivos e a todos os interessados em conhecer um pouco mais sobre o processo de empréstimo bancários e cobranças de juros.

_____________

Ganhador:

Adriana Laporta Cardinali, da Serasa

_____________

informativo de hoje

patrocínio

Bradesco

últimas quentes