Terça-feira, 20 de agosto de 2019

ISSN 1983-392X

O plenário do TSE elegeu, respectivamente, os ministros Marco Aurélio e Cezar Peluso como novos presidente e vice-presidente da Corte

quarta-feira, 12 de abril de 2006


O plenário do TSE elegeu, respectivamente, os ministros Marco Aurélio e Cezar Peluso como novos presidente e vice-presidente da Corte


O plenário do TSE elegeu ontem, respectivamente, os ministros Marco Aurélio e Cezar Peluso como novos presidente e vice-presidente da Corte. A eleição formaliza o sistema de rodízio adotado no Tribunal para os cargos máximos, quando são eleitos os dois ministros do STF mais antigos na composição do TSE.


Após a votação, o ministro Marco Aurélio disse esperar conduzir o Tribunal com o apoio incondicional de seus integrantes. Lembrou que presidirá as eleições gerais de outubro deste ano, "uma quadra importante do avanço cultural do país", salientou.


É a segunda vez que Marco Aurélio assume a presidência do Tribunal.


A primeira foi no período de 1996 a 1997. O ministro retornou à Corte como ministro substituto em agosto de 2003 e foi novamente empossado como ministro efetivo em março de 2005. Ministro do Supremo Tribunal Federal desde 1990, foi presidente daquela Corte no biênio 2001/2003.


O novo vice-presidente, ministro Cezar Peluso, é ministro do STF desde junho de 2003. Paulista, o ministro Peluso foi desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo e também atua na área do magistério como professor de Direito Processual Civil.


O ministro Gilmar Mendes ocupa a presidência do TSE desde janeiro deste ano, em decorrência da aposentadoria do ex-presidente Carlos Velloso. Gilmar Mendes é ministro do STF desde junho de 2002. Membro efetivo do TSE desde junho de 2004, o ministro assumiu a vice-presidência em março de 2005. Antes, ele exerceu o cargo de Advogado-Geral da União no período 2000/2002. Gilmar Mendes assume a vice-presidência do STF no dia 27 de abril.


O plenário do TSE é formado por sete ministros, sendo três do Supremo Tribunal Federal, dois do STJ e dois juristas.
____________

Fonte: TSE

informativo de hoje

patrocínio

Bradesco VIVO
Advertisement

últimas quentes