Domingo, 19 de maio de 2019

ISSN 1983-392X

Áudio de Temer

Desvendado o mistério do áudio de Michel Temer

Mensagem era destinada ao jornalista Gaudêncio Torquato.

quarta-feira, 13 de abril de 2016

A mensagem de áudio na qual o vice-presidente Michel Temer fala sobre um possível resultado "expressivo" da votação do impeachment que vai acontecer no domingo, 17, viralizou na internet e correu os veículos de comunicação do país e do mundo no início desta semana.

O mistério sobre o vazamento do áudio é, agora, desvendado pelo Migalhas. Foi proposital? Segundo o jornalista e cientista político Gaudêncio Torquato, não.

Em carta a este rotativo, Gaudêncio Torquato, que assina a coluna Porandubas Políticas no Migalhas, afirma que era ele o destinatário da mensagem:

“Tivemos uma conversa, ele e eu, na segunda-feira por volta de meio dia. Sugeri a ele: ‘e, se na segunda-feira, o impeachment passar pela Câmara, você será acionado. Sabe o que vai dizer?’ Sugeri uma gravação. Meu telefone estava sem carga. Ele gravou no telefone dele. De supetão. Sem interrupção. Na hora de enviar, ele deve ter acionado o WhatsApp de um grupo coordenado por Eliseu Padilha. Não houve conspiração, tramóia ou fato pensado. Um errinho por acionamento de uma tecla errada. O que acabou corroborando o pensamento dele. Coerente e claro."

Ouça a íntegra do áudio:

leia mais

patrocínio

Bradesco VIVO
Advertisement

últimas quentes